Home > Destaque > 10 entusiastas da cultura vintage para seguir no Instagram

10 entusiastas da cultura vintage para seguir no Instagram

30 de agosto de 2016, por Paula Ibánez
Moda
Mulheres no Instagram

O Universo Retrô já deu várias amostras de que o Instagram pode ser um grande aliado na hora de compor um visual retrô. E para ampliar ainda mais esse mundo de possibilidades, hoje separamos 10 perfis de entusiastas vintage anônimas que provam que é possível usar looks do passado no nosso dia a dia de uma maneira simples e descomplicada. Se você está a procura da produção retrô ideal ou quer investir em um novo estilo, já pode preparar o follow e se inspirar!

1. Angie Kaufmann, @angiekyra: os figurinos de Angie Kaufmann são influenciados pelas décadas de 1940, 1950, 1970 e 1980. Nas composições, estão looks que retratam a moda feminina no período da 2ª Guerra Mundial com tons sóbrios e neutros, referências da Velha Hollywood, das Teddy Girls e até mesmo uma mescla da personagem Lolita. Os acessórios são indispensáveis e a jovem de Budapeste não abre mão de lenços, boinas e chapéus.

Angie Kauf

(Foto: Reprodução | Instagram)

2. Beth, @lady_ofthe_canyon: folk, gipsy, hippie. As inspirações dessa inglesa estão voltadas para as décadas de 1960 e 1970. Uma profusão de estampas, tons terrosos, franjas e acessórios que vão desde chapéu floppy, lenços até coletes, definem o estilo da jovem que tem como grandes ícones a musa mod Pattie Boyd e a exótica Stevie Nicks.

Beth

(Foto: Reprodução | Instagram)

3. Brittany Knapp, @bisforbrittany: a novaiorquina adiciona os elementos das décadas de 1940, 1950, 1960 e 1970 ao estilo urbano característico da Big Apple. Britanny dá preferência a tecidos leves, lisos, em tons pasteis, neutros ou navy; além de muita alfaiataria e jeans flare. Lenços, casquetes e turbantes incrementam o visual despojado da fashionista.

Britanny

(Foto: Reprodução | Instagram)

4. Eccentrik Beauty, @misseccentrikb: na hora de montar os looks, a pin-up jamaicana, residente em Londres, revisita as décadas de 1930, 1940 e 1950. No guarda-roupa, muita peça clássica incorporada a estampas, listras e poás. Eccentrik também preza pela cintura bem marcada ao estilo bombshell, além de acessórios coloridos como bandanas, flores e chapéus.

Eccent

(Foto: Reprodução | Instagram)

5. Evelyn Wood, @evelynwood_vfha blogueira e designer reproduz fielmente o vestuário feminino das décadas de 1930, 1940 e 1950 para sua loja online, a Vintage Fashion House. Mesmo adepta do estilo clássico, a australiana não dispensa o conforto e a leveza nos seus looks diários. Plissados, babados e muitas estampas estão sempre presentes em saias e vestidos midi. Lenços de seda, chapéus, casquetes, turbantes e broches são os acessórios de destaque. Evelyn Wood também dá dicas de moda vintage no seu canal do YouTube. 

Evelyn

(Foto: Reprodução | Instagram)

6. Ida Cathrine, @idacath:  a bailarina e estudante de cinema baseia suas produções nas décadas de 1930 e 1940. Com uma aparência adulta, porém sofisticada, a dinamarquesa opta por peças sóbrias, vestidos acinturados, saias de corte enviesado e suéteres muitas vezes combinados entre si ou coordenados com lenços, boinas e sapatilhas. Ida Cathrine adota ainda peças “masculinizadas” de alfaiataria, como calças de cintura alta, largas e retas. 

Ida

(Foto: Reprodução | Instagram)

7. Isabel Barense, @isabelmusidora: it girls, flappers e vamps inspiram a acróbata de Santa Bárbara. A atriz francesa Musidora é a principal referência para  suas composições de roupa, cabelo e maquiagem. Vestidos retos, cintura baixa, franjas, cardigãs, colares longos e chapéus cloche caracterizam o visual diário da californiana. As influências de Coco Chanel também contribuem para o look da jovem. Para truques e dicas sobre as estéticas das décadas de 1920 e 1930, acesse o canal de Isabel Barense no YouTube

Isabel

(Foto: Reprodução | Instagram)

8. Lilly Jarlsson, @lillyjarlssona esteticista e escritora freelancer já fez vários ensaios fotográficos e documenta seu lifestyle vintage no YouTube. Influenciada pelas décadas de 1940 e 1950, a alemã combina referências clássicas com peças de streetwear que remetem a moda da 2ª Guerra Mundial. Saias lápis, godê ou plissadas, vestidos estampados, alfaiataria e lã contrastam com lenços, broches, chapéus e pérolas.

Lily

(Foto: Reprodução | Instagram)

9. Magdalena Regina, @magdalena_reginaa estudante e fashionista vintage é frequentadora assídua de brechós e também desfila looks das décadas de 1940 e 1950. Qualquer semelhança com Elizabeth Taylor não é mera coincidência, afinal a jovem sueca garante se espelhar no visual pin up da queridinha de Hollywood. Silhueta bem marcada, saias, vestidos godê super armados e estampas florais são peças chave do armário de Magdalena. Na lista de acessórios da moça, muitos lenços, chapéus, presilhas, snoods (redes de cabelo) e broches.

Mag Reg

(Foto: Reprodução | Instagram)

10. Rachel McKenna, @racheldarling_: a youtuber de New England adotou há 3 anos o guarda-roupa vintage. As décadas de 1930, 1940 e 1950 marcam presença nas suas produções. Saias e vestidos estampados, geralmente florais e xadrezes, são as peças de maior destaque. A jovem também dá preferência para tecidos leves e delicados, de aspecto romântico, como laise e renda. Chapéus, lenços e cintos finos complementam o visual minimalista da americana. Acompanhe as dicas de estilo de Rachel McKenna no canal Pin Up Companion.

Rachel

(Foto: Reprodução | Instagram)

Matérias Relacionadas
Quarteto de bluegrass ‘O Bardo e o Banjo’ lança novo álbum com letras em português e influências brasileiras
Bettie Page, a rainha das pin-ups, tem biografia lançada no Brasil
Encontro Pin-Up
Twelve Burger e Be a Bombshell realizam ‘2º Bazar & Encontro de Pin Ups’
Da arte ao lifestyle: As mudanças no universo das Pin-Ups ao longo dos anos

8 Responses

  1. Wow!! Thank you for the feature! It is such a compliment to be featured among such stylish women I already follow and hold in high regard. I love you have featured ladies from a broad range of style influence, from 20’s to 60’s as there is much inspiration to be found in following them!

    Evelyn x

  2. Gabriela

    Adoro esse tipo de post pq descobri o instagram como uma fonte de inspiração melhor que o pinterest e é sempre bom descobrir novos perfis. Lilly e Rachel são minhas inspirações, eu simplesmente amo todos os looks que elas postam! Os canais delas no YouTube são ótimos e a Rachel é muito engraçada e divertida com seu cachorrinho nos vídeos. Indico tb a @retro_fredrikke ?

Deixe um comentário

treze + dez =