Home > Cinema & TV > 14 séries com estética retrô para assistir na Netflix

14 séries com estética retrô para assistir na Netflix

10 de novembro de 2016, por Valeria Torres
Cinema & TV
Pan Am

Sabemos que a temática retrô está super em alta. Aproveitando essa onda, muitos diretores e produtores de séries de TV têm apostado nessa ambientação para criar seus roteiros. Para que você possa viajar no tempo com essas produções, selecionamos 14 séries atuais, mas que são ambientadas em década passadas e que estão disponíveis na Netflix. Confira:

1 – Mad Men: Premiada série de TV americana criada por Matthew Weiner, esteve no ar de 2007 a 2015.
Seu palco é a fictícia agência de publicidade agência de publicidade Sterling Cooper, localizada na Madison Avenue, em Nova York dos anos 60. Traz Don Draper (Jon Hamm), diretor de criação da Sterling Cooper, como personagem central, bem como as pessoas que fazem parte de seu círculo social. A trama foca na parte profissional das agências de publicidade e as vidas pessoais das personagens que trabalhavam nelas, à luz das mudanças sociais ocorridas nos Estados Unidos da época.

Mad Men foi amplamente elogiada, especialmente por sua autenticidade histórica, estilo visual, figurino, atuações, roteiro e direção de reconhecida qualidade, tendo conquistado diversos prêmios, incluindo quinze Emmys e quatro Globos de Ouro. Por aqui no Brasil, a série foi transmitida em rede aberta na TV Cultura e em rede fechada pelo canal HBO e hoje está disponível nos serviços de Streaming Netflix, HBO GO e Net Now.

Mad Men

2 – The Americans: Para os amantes de um suspense que envolve o espectador com seu clima de mistérios, clássicos dos Thrillers com seu terror psicológico e pouco visual, The Americans é a opção certa. A série de 2013 traz em seus episódios a rotina de um casal que leva uma vida pacata nos EUA dos anos 1980. Porém, por trás da fachada de agentes de turismo, Elizabeth e Philip Jennings (Keri Russell e Matthew Rhys) escondem a identidade de espiões russos em Washington — no auge da Guerra Fria.

The Americans

3 – Pan Am: Muito pouco se fala sobre Pam Am aqui nas terras Brasileiras ainda. Mas podemos dizer que Pam Ann é o alter-ego da comediante Australiana Caroline Reid. Desde o final dos anos 90, Caroline vive a comissária de bordo Pam, nos anos dourados da aviação entre as décadas de 50 e comecinho de 70. Em seu show retrata as nuances de suas viagens e peripécias. A caracterização é bem fiel à época e ilustra bem a comédia envolvente e bem clássica dos stand-ups.

Panam

4 – Call The Midwife: Uma série criada por Heidi Thomas e baseada nas memórias de Jennifer Worth, sobre a doce e dura vida de parteiras nos anos 1950. Este seriado estreou em 2012 e já está chegando à quinta temporada, deixando claro que o “universo retrô” veio para ficar. A produção britânica faz das jovens enfermeiras o fio condutor para revelar como viviam as famílias do East End da metade do século XX. Drama temperado com humor, ótimos personagens com atuações precisas, algum romance e uma ótima crônica de costumes no pós-guerra.

Call the Midwife

5 – Narcos: Essa série original Netflix de 2015, conta na visão dos policiais do DEA a ascensão e declínio do maior traficante de drogas da década de 80, Pablo Escobar. Em suas duas temporadas, é possível acompanhar o início de sua carreira no crime, seus feitos em Medellín (Colômbia), a guerra e o terror que seu cartel causou no país e muitas peculiaridades da vida de Pablo. Uma série em que é impossível passar tranquilamente na vida de quem a acompanha, pois é regada a situações imorais e fora dos padrões da normalidade. Altamente viciante e envolvente com um enredo claro e fluido, além de uma ótima aula de história – e do que não fazer.

Narcos

6 – Better Call Saul: Um pouco mais próximo ao passado, o spin-off dos aclamados Vince Gilligan e Peter Gould que conta a história por trás da história de Jammes McGill, o Jimmy, que também é conhecido como Saul, para os que acompanharam a mais bem premiada série da atualidade, Breaking Bad. Em suas duas temporadas, o enredo trás o início da carreira de Jimmy como advogado no início dos anos 2000, seus desvios de caráter e seus métodos não muito corretos de ascensão, e os conflitos com seu irmão e companheiros de profissão.

Para quem acompanhou Breaking Bad a série é considerada uma “parada obrigatória”, porém, quem nunca a assistiu pode aproveitar sem medo, pois não há spoillers, apenas algumas poucas referências que não fazem perder em nada o interesse pela obra de sua inspiração.

Better Call Saul

7 – Stranger ThingsDificilmente você nunca ouviu falar sobre uma das séries que movimentou as redes sociais esse ano. Stranger Things se passa na década de 80 e aborda o dia a dia das famílias da época com um plus de terror e suspense em torno do mundo invertido baseado em jogos de RPG. Com terror, romance, aventura e conspirações, Stranger Things é um ótimo título para quem quer uma série envolvente e rápida, pois há uma temporada com oito episódios apenas.

Stranger Things

8 – The Get Down: É um drama musical de 2016, criado por Baz Luhrmann, que mistura disco, punk e hip-hop para contar a história de um grupo de adolescentes em Nova York do fim dos anos 1970. Uma série muito indicada aos amantes do hip-hop, pois trás em sua trama diversas referências do início do movimento nos Estados Unidos. Mais uma produção original Netflix para ninguém botar defeito e ficar grudado na telinha.

The Get Down

9 – The Paradise: Em uma época mais antiga, no final do século XIX, The Paradise é um drama britânico que estreou em 2012. A série fala sobre a jovem Denise, que vai Londres e consegue um trabalho em uma loja chamada “Paradise”, a qual ela se apaixona pelo proprietário.

The Paradise

10 – Downton Abbey: A série britânica mostra uma família aristocrata inglesa do início do século XX. A trama que estreou em 2010 teve tanta audiência que recebeu diversos prêmios e indicações, além de ter entrado para o Guiness Book como a “série de TV em língua inglesa mais aclamado pela crítica”.

Downtown Abbey

11 – Rebellion: A minissérie irlandesa produzida pelo canal RTÉ1 teve apenas 1 temporada com 5 episódios. Para os apaixonados por história, a trama narra a Revolta da Páscoa, conflito que aconteceu na região durante a Semana Santa no ano de 1916. Nessa época, republicamos irlandeses queria independência do Reino Unido. A luta é um dos marcos históricos do país.

Rebelllion

12 – Os Mistérios de Miss Fishers: A série criminal australiana estreou na TV em 2012 pelo canal ABC1. Considerada uma série feminista, a trama que se passa nos anos 20, mostra o o período em que as mulheres passaram a ter maior envolvimento social, já que muitos homens morreram na primeira guerra. A grande representante dessa mudança social é a personagem Phryne Fisher, uma mulher moderna e independente que investiga os crimes e mistérios da cidade de Melborne.

Miss Fischer

13 – Mr Selfridge: A obra britânica de 4 temporadas se passa no início dos anos 20. A história conta a vida do empresário Harry Gordon Selfridge, americano que se situou em Londres, onde abriu uma loja de departamentos. Harry é um homem visionário que quer fazer das compras algo tão prazeroso quanto o sexo. Ambientada no início do século XX, a série mostra também um período em que as mulheres passam a ter uma nova ideia de modernidade e liberdade.

Mr Selfridge

14 – The Hour: O drama de TV lançado em 2011 é uma produção da BBC. Criada por Abi Morgan, a série mostra os bastidores de um telejornal da década de 50. Apesar de receber boas críticas da imprensa britânica e americana, a série teve apenas duas temporadas.

:The Hour

Dramas, suspenses, terror, romance. Há séries de todos os estilos, ambientadas em diferentes décadas. Podemos vivenciar mais sobre momentos históricos e aprender mais sobre cada década nos divertindo.

Matérias Relacionadas
The Get Down
Trailer da segunda parte da 1º temporada de ‘The Get Down’ é divulgado
Stranger Things
Com referência aos Caça- Fantasmas, Netflix lança comercial de Stranger Things no Super Bowl
Conde Olaf e os irmãos Baudelaire
Desventuras em Série: A saga melancolicamente deliciosa dos irmãos Baudelaire
Game Netflix
Netflix lança jogo retrô com personagens de suas séries originais semelhante ao Super Mario Run

Deixe um comentário

treze − dez =