Home > Destaque > Conheça a pin-up do mês, Meire Comodoro, que brilha no ensaio ‘Tempestade Tropical’

Conheça a pin-up do mês, Meire Comodoro, que brilha no ensaio ‘Tempestade Tropical’

7 de fevereiro de 2017, por Daise Alves
Moda
Meire Comodoro

Mensalmente divulgamos aqui no site a nossa Pin-Up do Mês, e hoje, apresentamos a bela de fevereiro, Meire Comorodo, que também participou do ensaio Tempestade Tropical. Clicadas pelo fotógrafo Ricardo Biserra, as fotos aconteceram na primeira edição do ASA Brasil, convenção para agenda de show aéreo brasileiro, no Aeroclube de São Paulo, no Campo de Marte.

Com um estilo tropical, contrapondo com o céu dramático daquele momento, assim como as demais pin-ups que participaram do ensaio nesse mesmo dia, e que serão divulgadas no decorrer dos próximos meses, Meire foi clicada em um Diamond Eclipse, dos anos 90.

Ela trabalha na área jurídica e afirma que, apesar da profissão mais formal, isso não a impede de seguir o estilo de vida retrô. Apaixonada por carros antigos e rock and roll, a nossa pin-up diz que nasceu com ferrugem e poeira no sangue. Confira e entrevista e fotos abaixo:

Meire Comodoro

(Foto: Ricardo Biserra)

Universo Retrô – Seu nome é Meire Reis, mas usa o codinome Meire Comodoro por conta da sua paixão por um Opala Comodoro, que o acompanha desde os seus 19 anos. Como começou seu interesse por esse Opala?

Meire Comodoro – Meu primeiro contato com carros antigos aconteceu aos 7 anos, quando me apaixonei por um Dodge Charger R/T branco, que ficava estacionado no caminho para a escola. Em pouco tempo, conheci a irmã do dono do carro, que estudava na mesma sala que eu e ficamos amigas. Conheci o irmão dela e assim tive meu primeiro contato com o rockabilly, ainda bem criança.

Conforme fui crescendo, meu interesse por carros e por rock ‘n roll foi aumentando. Aos 14 anos, comecei a colecionar revistas sobre antigomobilismo e decidi que compraria um Opala, representante de peso do cenário nacional. Meu sonho se realizou aos 19. Foi amor a primeira vista, que continua com a mesma intensidade.

Meire Comodoro

(Foto: Ricardo Biserra)

Universo Retrô – Você costuma participar de eventos de carros antigos com seu Opala ou aluga ele para quem quiser em algum evento?

Meire Comodoro – Costumo participar de encontros de carros antigos, mas não alugo, não empresto e nem vendo meu Opalão!

Universo Retrô – Sua paixão pelo estilo retrô na moda veio antes da paixão por carro antigo ou depois?

Meire Comodoro – Posso dizer que nasci com ferrugem e poeira no sangue. Sempre amei história, lugares antigos, velhos, abandonados e conheci a moda retrô e também o estilo de vida por meio da paixão por carros antigos e também pela música. Com o tempo, também comecei a gostar de coisas relacionadas a aviação, primeira e segunda guerra mundial, etc.

Meire Comodoro

(Foto: Ricardo Biserra)

Universo Retrô – Você trabalha no setor jurídico, isso influência na sua maneira de se vestir quando vai ao trabalho?

Meire Comodoro – Bom, eu trabalho na área penal, o que me obriga a usar roupas mais sóbrias. Porém, estilo é algo que te acompanha, então, eu sempre acabo sendo “eu mesma”, inspirada na moda 50’s e 60’s.

Universo Retrô – Como iniciou seu trabalho como modelo pin-up?

Meire Comodoro – Sempre quis ser modelo, mas nunca estive dentro dos “padrões de beleza”. Com o Miss À Moda Antiga, vi a oportunidade de realizar um desejo antigo e dentro do meu estilo, e foi exatamente o que aconteceu. Após o concurso, fui convidada para vários ensaios fotográficos, participei das campanhas da Bia’s Closset e da Manifesto Pin Up, me sinto honrada em estar no Universo Retrô e espero continuar trabalhando e me aprimorando como modelo pin-up.

Meire Comodoro

(Foto: Ricardo Biserra)

Universo Retrô – Falando nisso, como foi a experiência de participar do Miss À Moda Antiga? Qual a diferença entre um concurso de beleza tradicional e um voltado para a cultura vintage?

Meire Comodoro – Participar do concurso foi maravilhoso. Tenho orgulho de ter participado das duas edições, de estar nos calendários com as outras mulheres maravilhosas. Além de abrir várias portas, por meio do concurso pude crescer como modelo, conhecer pessoas fantásticas, fazer amizades que levarei para o resto da vida.

Os concursos de beleza tradicionais contemplam um padrão de beleza que pouquíssimas mulheres possuem, o que faz com que muitas mulheres não se aceitem e partam em busca desse padrão, muitas vezes inalcançáveis. Apesar de na década de 50 o padrão de beleza era a mulher curvilínea, os concursos atuais contemplam e inserem todos os tipos de mulheres, desde que sigam o estilo retrô/vintage e contemplam a beleza feminina, sem esteriótipos.

Meire Comodoro

(Foto: Ricardo Biserra)

Universo Retrô – Como você enxerga a relação entre pin-ups e carros antigos?

Meire Comodoro – Pin-Ups ficavam penduradas nas oficinas mecânicas entre as décadas de 40 e 60, não tem como não relacionar essas belas mulheres/ilustrações com os carros e até com os aviões, que eram lindamente decorados com pin-ups. Atualmente, pin-ups e carros antigos fazem parte da cultura retrô, unidos a música, decoração, etc.

Meire Comodoro

(Foto: Ricardo Biserra)

Universo Retrô –  Além da paixão por moda e carros. Como você está envolvida com a cultura vintage? Está com algum projeto em andamento?

Meire Comodoro – Infelizmente, no Brasil ainda temos um movimento restrito, de modo que não podemos “ganhar a vida” somente com isso, então tenho me dedicado muito a minha vida profissional, na área jurídica. Na cultura retrô, além de continuar atuando como modelo, estamos com o projeto de um blog, onde pretendo escrever sobre como viver a cultura retrô no dia a dia. Também estou aberta a propostas (risos).

Meire Comodoro

(Foto: Ricardo Biserra)

Universo Retrô – Como enxerga a cena vintage hoje?

Meire Comodoro – Atualmente, a cultura retrô está na moda, e por isso a cada dia podemos ver novas pessoas conhecendo, frequentando festas, procurando aderir a moda, etc, e isso é bacana, porque colabora com o crescimento da cena, porém, acredito que como toda a moda, essa também será passageira, de maneira que ficarão somente quem realmente gosta da cultura. Por isso não me considero somente “pin-up”, mas sim, alguém que tem um estilo de vida retrô. Minha casa é decorada assim, meu casamento foi assim, minha vida é assim, dentro do possível.

10-MeireComodoro

(Foto: Ricardo Biserra)

Universo Retrô – Para quem quiser aprender mais sobre esse estilo de vida, o que você recomenda? Seja em relação a blogs, lojas, músicas para ouvir, filmes para assistir ou lugares para visitar.

Meire Comodoro – Recomendo pesquisar, estudar. Antes, não tínhamos acesso a internet, hoje, essa ferramenta fantástica abre nossos horizontes. Pesquisem sobre moda, música, decoração, enfim, aquilo que mais te atrai. Eu amo música, há diversas playlists 50’s no YouTube. Há diversas marcas que fazem roupas lindas, e blogs que agregam conhecimento. Amo o Universo Retrô, traz muita informação de qualidade, mas há diversos outros blogs com bom conteúdo também, então, o negócio é se debruçar, se jogar e ser feliz!

Meire Comodoro

(Foto: Ricardo Biserra)

Para conhecer ainda mais a nossa pin-up do mês, é só acompanhar seu perfil no Instagram @meirev8.

Lembrando também que o ensaio Tempestade Tropical também contou com a presença de outras garotas, como a Chubby Pin-Up, nossa garota de janeiro, e as demais meninas que vocês podem ver aqui e que serão divulgadas nos próximos meses.

O editorial também ganhou trilha sonora e você pode ouvir na nossa playlist do Spotify abaixo:

Matérias Relacionadas
Conheça Bruna Gilda, pin-up do mês de maio no editorial ‘Tempestade Tropical’
Lady Cat é a Pin-Up do Mês com o ensaio ‘Tempestade Tropical’
Sweet Caroline é a pin-up do mês com o ensaio ‘Tempestade Tropical’
Renata
Miss Pin-Up é a primeira modelo do editorial ‘Tempestade Tropical’

Deixe um comentário

doze + 15 =