Home > Cinema & TV > Dois Caras Legais: Uma comédia cheia de ação que tem a década de 1970 como pano de fundo

Dois Caras Legais: Uma comédia cheia de ação que tem a década de 1970 como pano de fundo

13 de julho de 2016, por Amanda Aguillar
Cinema & TV
Dois Caras Legais

Sabe aquela sensação, quando se abre um álbum de fotos dos anos 70, de que todos os dias naquela época eram ensolarados e calmos e as pessoas alegres e dançantes? A estética do filme Dois Caras Legais, que estreia 21 de julho nos cinemas do país, traz exatamente essa paz, apesar das cenas sangrentas e de nudez. Fomos assistir à pré-estreia para a imprensa e contamos um pouquinho dessa comédia cheia de ação a seguir.

O detetive particular Holland March (Ryan Gosling), a pedido de uma senhora, investiga se sua sobrinha (uma estrela pornô, recentemente morta em um acidente), continua viva, e acaba por chegar à Amelia (Margaret Qualley), que, por sua vez, contrata Jackson Healy (Russell Crowe) para dar uma surra (extremamente engraçada) no estranho perseguidor. Assim, os caminhos dos dois detetives se cruzam e acabam por fecharem uma parceria para esclarecer a ligação dos casos.

Dois Caras Legais

Cena de Dois Caras Legais (Foto: Divulgação)

Holland é um viúvo inconsequente, alcoólatra e infeliz, porém muito divertido, que cria sua filha de 13 anos, Holly (Angourie Rice), de maneira irresponsável, inclusive, permitindo que ela dirija seu carro com a maior naturalidade do mundo. A atuação de Ryan Gosling é muito rica, a comédia inteligente, contida muitas vezes apenas no olhar e gestos sem necessidade de textos, as pausas também se mostram essenciais para dar o tom do filme.

Enquanto Healy é um sujeito durão, sangue frio, e destemido, por vezes sem paciência para as gracinhas do parceiro, tem uma essência solitária e demonstra a insatisfação de ser herói por dinheiro e, em uma crise de consciência, poupa a vida de um dos bandidos por querer fazer a coisa certa. Já Holly é honesta, esperta e acaba se mostrando essencial na equipe, conseguindo com seu carisma infantil, informações que os dois caras legais não conseguem!

O filme tem como pano de fundo a indústria pornográfica que teve seu auge nos anos 70, além de muitas cenas coreografadas de luta, que nos fazem querer levantar da cadeira do cinema. A história é interessante e aborda protestos hippies da época, preocupação com o meio ambiente, corrupção, desentendimentos familiares, porém a atuação dos atores acaba chamando mais atenção do que o enredo em si.

Dois Caras Legais

Cena de Dois Caras Legais (Foto: Divulgação)

A nostalgia é parte estratégica da produção, colocando em alguns pontos elementos como o vídeo game “primitivo” Telejogo, anúncio com Gato Félix, e referências constantes ao seriado de sucesso dos anos 70 The Waltons e seu icônico John Boy.

A moda também é bem representada em seus figurinos repletos de calças boca de sino, jeans largos, cabelos ondulados e médios nas moças e o melhor estilo figurão nos rapazes. A decoração dos ambientes é algumas vezes baseada em animal print, sucesso da era Disco e as festas de arromba cheias de atrações inusitadas como devem ser. Carros como Kombi, Fusca, Opala e Chevette Tubarão podem ser vistos constantemente estacionados ou andando pelas ruas.

A iniciativa dos produtores de ambientar a trama na década de 70 é muito positiva, pois poucos filmes atuais possuem essa temática, sendo mais usais as décadas de 40 e 50, a estética é muito rica e fiel. Um ponto intrigante é ver em boa parte da produção, todos os personagens disputarem ferozmente a única cópia de um filme gravado em um rolo de cinema, que nos dias de hoje poderia ter sido salva facilmente em um vários pen drives por aí.

Matérias Relacionadas
Amelinha grava álbum dedicado à obra de Belchior, com clássicos como “A Palo Seco” e “Paralelas”
Nova Iorque anos 70
Série de fotos coloridas mostra a cidade de Nova Iorque nos anos 70
DZI Croquettes
Dzi Croquettes celebra 45 anos em curta temporada no Teatro Augusta
Magnífica 70
‘Magnífica 70’: Série que se passa nos anos 70 no Brasil já está na segunda temporada na HBO

Deixe um comentário

três × quatro =