Home > Destaque > Inspirado na histórica New Orleans, Reveillon no Bourbon Street traz cantor e saxofonista Gary Brown

Inspirado na histórica New Orleans, Reveillon no Bourbon Street traz cantor e saxofonista Gary Brown

21 de dezembro de 2016, por Jane Galaxie
Eventos

Começar um novo ano numa noite criada especialmente para remeter ao berço do jazz e blues, à cidade de New Orleans, é o que o público vai encontrar no Reveillon do Bourbon Street Music Club, em São Paulo. Em um ambiente requintado e descontraído, a festa começa com o DJ Crizz, que agita a pista de dança. Depois, quem sobe ao palco é o cantor e saxofonista americano Gary Brown com sua banda. Com seu show alegre, dançante e extremamente energético, Gary Brown arrebata todas as plateias, de eventos pequenos a grandes festivais.

E como boa música combina com prazer à mesa, no Bourbon Street não poderia ser diferente. A gastronomia da casa oferece um cardápio internacional variado, inclusive com pratos especialmente desenvolvidos e inspirados na culinária cajun e créole (típicas da Lousiana), baseada na mistura das culturas negra, francesa, espanhola e indígena. Sua mistura de ingredientes e temperos, apresentada com toda a qualidade e sabor, ganha o toque e o sotaque do tempero brasileiro. O que está incluso no pacote de Reveillon do Bourbon, além da ceia temática, águas, sucos, refrigerantes e chopp à vontade, taça de champagne à meia-noite e café da manhã.

Bourbon Street (Foto: Reprodução)

Bourbon Street (Foto: Reprodução)

Para quem não conhece Gary Brown, vale ressaltar que ele tocou por mais de 20 anos no 544 Club, uma das mais prestigiadas casas noturnas da Bourbon Street de New Orleans. Seu trabalho é centrado nos vários ritmos da música negra: jazz, blues, funk, soul e rhythm & blues – passando pelo reggae e o gospel. Ele estudou na escola de saxofonistas do lendário Edward “Kid” Jordan, seu grande mentor. Tocou com grandes nomes da música internacional como Otis Redding, Professor Longhair, Marvin Gaye, Big Joe Willians, Dr. John e The Neville Brothers.

Além dos shows, tocou em álbuns de Wilson Pickett, Dionne Warwick, Joe Cocker e Bee Gees. Trabalhou também na trilha sonora do filme “Grease” e fez o show de encerramento do Heritage Jazz Festival de 2003, o maior festival de música de New Orleans, famoso pela grandiosidade e qualidade dos artistas que apresenta. O músico aponta como suas maiores influências: John Coltrane, Gene Ammons e Sonny Stitt.

Gary Brown (Foto: Divulgação)

Gary Brown (Foto: Divulgação)

Nesta temporada, Gary Brown vai mostrar clássicos como “Let’s groove tonight”, “Wonderful world”, “No woman no cry”, “Purple rain”, “Buffalo soldier”, “My heaven”, homenagens à música brasileira que sempre gosta de apresentar em seus shows (Gilberto Gil, João Bosco e Djavan), e à sua New Orleans pós Katrina, presentes no disco, “Comin’Home”, como “Louisiana” e “Younger days”, além de “Walking to New Orleans”, “Do you know what it mean to miss New Orleans”, “Rainy night in New Orleans”.

SERVIÇO
Reveillon no Bourbon Street
Rua Dos Chanés, 127 – Moema – SP
Fone para reserva: (11) 5095-6100
Ingressos a partir de R$ 270

Matérias Relacionadas
Jazz
Jazz a La Calle: Festival de Jazz para ver no Uruguai em janeiro
Joe Louis
Festival BB Seguridade de Blues e Jazz chega a São Paulo no dia 1 de julho em evento gratuito
Festival internacional de jazz, blues e soul chega à 9ª edição na cidade histórica de Paraty (RJ)
Projeto itinerante leva jazz a mansões históricas de São Paulo

Deixe um comentário

treze + catorze =