Home > Destaque > No aniversário de São Paulo, Elza Soares apresenta ‘A Voz e a Máquina’ no Sesc Pompeia

No aniversário de São Paulo, Elza Soares apresenta ‘A Voz e a Máquina’ no Sesc Pompeia

16 de janeiro de 2018, por Jane Galaxie
Eventos
Elza Soares

Uma das aristas brasileiras mais populares no mundo, Elza Soares faz dois shows no Sesc Pompeia – um no aniversário de São Paulo, 25, às 18h, e outro no dia seguinte, 26, às 21h30. Ela traz o show A Voz e a Máquina em que, ao lado dos DJs Ricardo Muralha e Bruno Queiroz e do guitarrista Caesar Barbosa, ela une as linguagens abrasileiradas com a cena eletrônica.

O quarteto é, ao mesmo tempo, minimalistas na formação e completo musicalmente, como uma orquestra em arranjos sob medida para a voz de Elza. Samples, loops, drum machines e synths são alguns elementos eletrônicos que dão a nova cara ao show; além da voz processada, desconstruída e reconstruída pelas máquinas musicais. Tudo isso embalado por uma sequência de mapping projeções em um cenário totalmente branco que ganha as mais variadas formas, levando o público a viajar durante a apresentação.

Após pesquisas sobre a música eletrônica, Muralha e Queiroz adicionaram ao show controladores midi de diversas naturezas, tablets e possibilidades em loop de todos os instrumentos, somado às guitarras de Barbosa, resultando em arranjos originais e orgânicos. Elza rodou o Brasil com a primeira versão desse show, que contou com participações especiais de Emicida, Otto e Gaby Amarantos.

O show é uma reunião de clássicos de carreira da artista, além de hits do momento atual em releituras descoladas como ‘Computadores Fazem Arte’, ‘A Carne’, ‘Mulher do Fim do Mundo’, ‘Saltei de Banda’ e outros clássicos da música popular brasileira. O show ainda ganha um tom de protesto em verso e prosa contra males da sociedade em músicas como ‘Não Recomendado’.

SERVIÇO:
Elza Soares | Show A Voz e a Máquina
Dia 25 de janeiro, quinta-feira, às 18h
Dia 26 de janeiro, sexta-feira, às 21h

Teatro
*O Teatro do Sesc Pompeia possui lugares marcados e galerias superiores não numeradas. Por motivo de segurança, não é permitida a permanência de menores de 12 anos nas galerias, mesmo que acompanhados dos pais ou responsáveis. Abertura da casa com 30 minutos de antecedência.

Ingressos: R$9 (credencial plena/trabalhador no comércio e serviços matriculado no Sesc e dependentes), R$15 (pessoas com +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino) e R$30 (inteira).

Venda online a partir de 16 de janeiro, terça-feira, às 20h.
Venda presencial nas unidades do Sesc SP a partir de 17 de janeiro, quarta-feira, às 17h30.
Classificação indicativa: Não recomendado para menores de 12 anos.

Matérias Relacionadas
Festival celebra 40 Anos de Punk no Sesc Pompéia
AliceGuyBlache
Artistas criam diálogo musical e cênico com primeiros filmes feministas da história
Em comemoração aos 30 anos do primeiro festival punk do Brasil, Sesc lança DVD ‘Fim do Mundo, enfim’
Na semana da Consciência Negra, listamos 7 afrodescentes que mudaram a música brasileira

Deixe um comentário

onze + três =