Home > Destaque > Projeto BeHoppers busca promover o Lindy Hop, dança famosa nos anos 20, em BH

Projeto BeHoppers busca promover o Lindy Hop, dança famosa nos anos 20, em BH

11 de agosto de 2015, por Daise Alves
Música

O Lindy Hop é uma dança que surgiu final dos anos 20, no Harlem, em Nova York, dança influenciado por outros estilos que surgiram mais ou menos na mesma época, como charleston, foxtrot, breakaway e sapateado, dançadas ao som do swing jazz das famosas big bands, como as de Glenn Miller, Count Basie, Duke Ellington e outros. Basicamente é um tipo de swing dance, caracterizado pelas improvisações.

No início do século XX, muitos bares em Nova York proibiam danças que envolvesse “abrir as pernas” ou fazer largos movimentos com quadris e pés, algo que já era popular em salões frequentados apenas por negros. Em uma época em que os Estados Unidos vivia uma segregação racial, o Savoy Ballroom, bar da época, permitiu a entrada de negros e brancos para experimentar um ritmo que havia surgido não fazia muito tempo e que tinha como passo básico justamente o “swing out”, dançar com as pernas abertas, o famoso, lindy hop.

Lindy Hop

A dança Lindy Hop famosa no início do século XX (Foto: Reprodução)

Em 2012, alguns entusiastas do Lindy Hop criaram um grupo para promover a cena hopper e o swing jazz em Belo Horizonte e propagar o espírito de alegria desse estilo de dança. Assim nasceram os BeHoppers, cujo nome é inspirado nas iniciais de sua cidade natal e estende a todo mundo o convite para se tornar um hopper. O grupo promove eventos e workshops, participa de intervenções urbanas e flash mobs, e cultiva também parcerias com escolas de dança.

A dança tem movimentos rápidos e divertidos, transmitidos pelos passos, sinergia e sorriso dos dançarinos que sempre são percebidos pelos espectadores.

BeHoppers

Integrantes do grupo BeHoppers (Foto: Divulgação)

Entre as diversas atividades promovidas, recentemente o grupo assumiu um novo projeto: I Charleston BH, que consistiu na produção de um vídeo de cerca de 4 minutos no qual dançarinos de Lindy Hop e de Charleston aparecem fazendo coreografias na frente dos principais pontos turísticos e cartões postais da cidade. Esse trabalho integra um projeto internacional chamado de “I Charleston The World”, e segue os mesmos objetivos: divulgar os estilos de dança Lindy Hop e Charleston e, ao mesmo tempo, apresentar para o mundo a cena hopper de Belo Horizonte.

O grupo ainda promove outras atividades, como:

Aulas de dança em festas, eventos e festivais – Os BeHoppers participam de diversos eventos, ao ar livre ou não, ensinando crianças, jovens e adultos a dançar lindy hop e charleston e até a improvisar alguns passos de jazz para dançar individualmente.

Apresentações – Com várias coreografias (solo, casal ou em grupo) em seu repertório, os BeHoppers já se apresentaram também no Rio de Janeiro e em São Paulo. Em BH, participaram de intervenções urbanas e flash mobs e passaram por espaços conceituados, como o Palácio das Artes e o Cine Theatro Brasil.

Aulas – O grupo possui alguns dos melhores professores de lindy hop do Brasil, que ministram aulas de lindy hop, charleston, authentic jazz e outras swing dances, particulares ou em grupo. Além disso, os BeHoppers são parceiros de diversas escolas de dança de Belo Horizonte.

Workshops – O grupo ainda promove workshops temáticos para dançarinos iniciantes e avançados com os BeHoppers ou com renomados professores brasileiros e estrangeiros. Também oferecem oficinas de princípios básicos da dança, musicalidade e improvisação, expressão corporal, movimentos para pés e coreografias.

Be Hoppers no vídeo I Charleston BH

Be Hoppers no vídeo I Charleston BH (Foto: Divulgação)

SERVIÇO
Grupo de divulgação do Lindy Hop em Belo Horizonte
Facebook Page: https://www.facebook.com/lindyhopBH
Sobre aulas: https://goo.gl/LJlNAM
Contato: behoppers@gmail.com

Matérias Relacionadas
As Telefonistas
10 frases da série ‘As Telefonistas’ para refletir
Zelda Fitzgerald
Z: The Beginning of Everything – nova série conta a história de Zelda Fitzgerald
Sapatos anos 20
Breve história dos sapatos: os loucos anos 1920
Animais Fantásticos
Animais Fantásticos e Onde Eles Habitam: Novos posters com traços dos anos 20 podem conter pistas sobre o enredo do filme

Deixe um comentário

3 × um =