Home > Cinema & TV > Robin Williams: Come Inside My Mind – Viagem por uma das mentes mais brilhantes do humor

Robin Williams: Come Inside My Mind – Viagem por uma das mentes mais brilhantes do humor

7 de agosto de 2018, por Aline Lima
Cinema & TV
Robin Williams

A HBO transmitiu, nesta segunda-feira (6), o documentário Robin Wililams: Come Inside My Mind, sobre a vida e relacionamentos do ator, além de mostrar as várias fases de sua carreira. O filme, dirigido por Marina Zenovich (Roman Polanski: Odd Man Out), foi exibido pela primeira vez no Sundance Film Festival em janeiro desse ano.

Dono de uma trajetória cheia de sucessos, e cercada por polêmicas, não é difícil entender o motivo de tanto interesse pela pessoa dentro da pele do comediante, que tirou a própria vida em 2014, aos 63 anos.

A sensação é a de que Robin Williams estava constantemente vivendo um personagem em frente as câmeras, ou em cima dos palcos, usando a risada da plateia como combustível para suas performances, mas que na realidade tratava-se de uma pessoa quieta, observadora, e que utilizava do humor sarcástico como ferramenta para passar sua mensagem.

Robin Wiliams Stand Up

Robin Wiliams Stand Up (Foto: Divulgação)

Com o objetivo principal de nos ajudar a entender quem foi Robin Williams, a produção monta um quebra-cabeça ao longo da narrativa, mesclando a história pessoal do ator com momentos importantes de sua carreira.

Aos poucos vamos descobrindo sua infância e adolescência. Desde quando estudou em um colégio apenas para garotos; o início em São Francisco, para onde se mudou aos 16 anos e os primeiros anos em Nova York, quando estudou na renomada Juilliard School, universidade focada em artes, junto com Christorpher Reeve, o futuro Superman.

Também nos deparamos com o alcance do sucesso com a série Mork & Mindy (1978-1982), no qual viveu um alienígena, além de abordar como os vícios em drogas e bebidas afetaram todas a áreas da sua vida.

Robin Williams Happy Days

Robin Williams Happy Days (Foto: Divulgação)

O longa usa pedaços narrados pelo próprio Robin, que tenta explicar como funcionava sua mente, e depoimentos de pessoas que conviveram de maneira próxima com ele, como Billy Crystal (Harry e Sally: Feitos Um Para o Outro), David Letterman (Late Show With David Letterman), Eric Idler (Monty Python), Pam Dawber (Mork & Mindy), entre outros, para exemplificar seus relacionamentos de amizade dentro da indústria que é Hollywood e como essas conexões afetaram seu trabalho.

O filho mais velho do ator, Zak Wiliams, sua primeira esposa Valerie Velardi, com quem Robin Wiliams foi casado entre 1978 e 1988, e o irmão Robert Tod Wiliams, falam sobre o lado familiar do astro.

Robin Wiliams Popeye

Robin Wiliams Popeye (Foto: Divulgação)

Robin Williams: Come Inside My Mind é surpreendente, principalmente para aqueles que conheceram o trabalho do comediante durante os anos 90, e estão acostumados a vê-lo como o Gênio azul em Aladdin (1991), ou na pela da senhora Doubtfire em Uma Babá Quase Perfeita (1993), terão a oportunidade de ver outro lado do artista.

Matérias Relacionadas
Robin Willians
Documentário ‘Robin Williams: Come Inside My Mind’ estreia dia 6 de agosto no canal HBO
Magnífica 70
‘Magnífica 70’: Série que se passa nos anos 70 no Brasil já está na segunda temporada na HBO
vinyl
HBO cancela ‘Vinyl’, série de Mick Jagger e Martin Scorsese

Deixe um comentário

quatro + 8 =