Home > Cinema & TV > Spielberg: documentário é uma carta de amor aberta aos fãs do cineasta

Spielberg: documentário é uma carta de amor aberta aos fãs do cineasta

9 de outubro de 2017, por Aline Lima
Cinema & TV
Spilberg

A HBO Brasil vai exibir, nesta segunda-feira (9), ás 22h, o documentario Spielberg, sobre o consagrado cineasta norte-americano Steven Spielberg. Dirigido por Susan Lacy (American Masters), o longa faz um grande passeio pela vida pessoal de seu biografado, suas conquista, e contribuições para a história recente do cinema, e para a televisão, mundial, sendo um dos poucos capazes de transitar por vários gêneros.

Uma das personalidades mais importantes de Hollywood, Spielberg sempre despertou curiosidade e fortes opiniões, principalmente pelo fato de que a maioria de seus trabalhos são altamente comerciais. O filme nos ajuda a conhecer um pouco mais sobre o homem por trás da lenda criada, suas influências, e como funciona seu processo criativo, que permanece em constante processo de evolução.

Spilberg

Steven Spielberg (Foto: Divulgação)

Spielberg foi criado em uma família judaica, e com ascendência russa, o cineasta nasceu em Cincinnat, Ohio, em 1946, porém passou a maior parte de sua infância no subúrbio em Phoenix, o que ajudou a determinar a ambientação de grande parte de sua obra. O gosto por cinema, que ele usava como válvula de escape para seus problemas, veio muito cedo, e ao filme vamos percebendo o quanto o trabalho do cineasta foi guiado por suas experiencias vividas, e relações pessoais adquiridas ao longo de 50 anos de carreira na industria do entretenimento.

Acompanhar a trajetoria do cineasta, durante 2h40, é algo mágico, para especialmente para os fãs do diretor, e do cinema em geral, a narrativa intercala histórias de sua vida privada, com anedotas de bastidores sobre seus projetos mais icônicos, como Tubarão (1975), a franquia Indiana Jones (1981), A Lista de Schindler (1993) e O Resgate do Soldado Ryan (1999). Ao longo do documentário temos também sétima arte, personalidades que compartilharam o início de carreira difícil, e que trabalharam com Spielberg.

Steven Spielberg

Steven Spielberg (Foto: Divulgação)

Os cineastas George Lucas, criador da franquia Star Wars e Indiana Jones, Francis Ford Coppola (O Poderoso Chefão), Brian De Palma (Carrie – A Estranha), Martin Scorsese (O Lobo de Wall Street) e J.J Abrans (Star Trek/ Star Trek – além da escuridão), entre outros parceiros de longa data do diretor como o compositor John Willians (Tubarão, Indiana Jones), participam do longa em vários momentos compartilhando suas visões a respeito do legado de Spielberg.

É claro que não existe maneira de condensar uma carreira tao extensa em um unico filme, pórem o que encontramos é na verdade uma carta de amor aos fãs apaixonados por Hollywood, e que acompanham o trabalho do diretor a tantos anos. A HBO e o Maxiprime também exibiram filmes do cineasta durante todo os meses de outubro e novembro.

Deixe um comentário

catorze + oito =