Home > Design > Penna: teclado para computador e tablet une o visual retrô com funções ‘high tec’.

Penna: teclado para computador e tablet une o visual retrô com funções ‘high tec’.

10 de agosto de 2018, por Leila Benedetti
Design
Teclado Penna

Para quem é saudosista ou apenas um jovem que segue as décadas de 1950 e 1960 como estilo de vida sem abrir mão da praticidade atual e lida muito com a escrita em sua rotina, além de se preocupar com o meio-ambiente (vide economia de papel), segue uma novidade de cair para trás. O teclado Penna, que não só funciona em computadores, como também em tablets e smartphones.

Mais novo produto da El Retron, empresa americana de eletrônicos com design 100% retrô, o teclado vem em 5 cores, sendo eles rosa bebê (Baby Pink), verde água (Olive Green), branco (Pure White), preto (Matte Black) e o especial feito em madeira (Wood).

Além das cores, as teclas também poderão ser escolhidas entre o quadradinho convencional branco, similares àquelas dos teclados Macintosh, (Diamond) e o clássico redondo com bordas cromadas (Chrome), e ainda pode escolher o barulho das teclas e a sensibilidade delas com o sistema de switches da Cherry.

Teclado Penna

Teclado Penna que vem em 5 cores diferentes, dois tipos de teclas e ainda dá a possibilidade de
escolher a sensibilidade e o som da digitação. (Foto:El Retron/Indiegogo)

A Cherry disponibiliza para o teclado Penna os modelos de switches MX Red, MX Blue e MX Brown, cada uma com sensibilidade e som de digitação diferentes. Quer que seu teclado fique bem próximo ao de uma máquina de escrever? O indicado é o MX Blue, que, além de emitir um som forte de digitação, tem menos sensibilidade ao teclar. Para os amantes de informática ou curiosos em saber que raios de sistema é esse, detalhes mais aprofundados sobre o sistema Cherry podem ser conferidos aqui.

Outra graça do teclado Penna, que também chamou muita atenção dos amantes do retrô, é a sua alavanca lateral, peça muito encontrada nas antigas máquinas de escrever. Ela é funcional, mas não tem a mesma finalidade da original. Enquanto as antigas eram acionadas para a máquina voltar ao topo da folha, a finalidade da atual é gravar palavras inteiras, frases e até mesmo textos inteiros e acioná-las em alguma digitação, em resumo, é a famosa função do “control c, control v”.

Teclado Penna

Trecho da patente do teclado Penna que explica o funcionamento de sua alavanca. Quando levantada para cima, o teclado grava a palavra, frase ou trecho selecionado, quando pressionada, o conteúdo selecionado é colada na área de transferência. (Foto: Divulgação/El Retron)

Muito prático, o teclado Penna dispensa cabos, pois sua conexão com computadores, tablets e smartphones é via Bluetooth, suporta os sistemas Android, iOS, MacOS e Windows e, por ser compacto, pode ser carregado para qualquer lugar com a ajuda de sua bolsa exclusiva vendida separadamente no site do fabricante, que, além do teclado, também comporta outros utensílios, como celular, tablet e fone de ouvido. Também vale lembrar que o teclado é movido a duas pilhas pequenas (AA) que garantem 6 meses de uso.

Bolsa Teclado Penna

Bolsa exclusiva que comporta não somente o teclado como também outros gadgets e acessórios, como celular, tablet e fones de ouvido. (Foto: El Retron/ Indiegogo)

O projeto do teclado Penna foi iniciado em Abril de 2015 e inscrito em dois sites de financiamento coletivo, a Kickstarter e a Indiegogo, com a meta de arrecadar U$50mil para iniciar a produção em massa e ir para o mercado. Dois anos depois, em Abril de 2017, foi aprovado pelos dois arrecadando mais de U$165mil e a El Retron começou a sua produção.

O teclado foi lançado no mercado em Agosto do mesmo ano por U$149,00 (convertendo em reais, custa o preço salgado de R$557,96) pela Indiegogo, que além de ser voltado para o financiamento coletivo, também funciona como loja virtual de seus projetos aprovados e finalizados, e as vendas seguem até hoje, porém, por enquanto, apenas nos Estados Unidos, Reino Unido e pela região asiática. Para nós do Brasil, o jeito é economizar enquanto espera as vendas chegarem até aqui.

1 Response

Deixe um comentário

vinte + três =