Home > Destaque > Banda The Porres retorna com novo vocalista, músicas e shows programados

Banda The Porres retorna com novo vocalista, músicas e shows programados

6 de setembro de 2016, por Rafael Sandman
Música

Depois um longo período de pausa, o grupo The Porres retomou as atividades com um novo vocalista. Após a saída de Thiago “Taba”, a banda entrou em um período de stand by e, depois de muita procura, encontrou um músico, instrumentista e cantor capaz de fazê-los continuar as atividades.

O show de volta e apresentação do novo vocalista Luiz “Fella” aconteceu em um bar/estúdio próximo à estação Tatuapé do metrô, em São Paulo, no último sábado, 3 de setembro. O show começou às 22h20, com a banda mostrando que ainda tinha a mesma atitude, mas com uma pegada um pouco diferente, mais tradicional do que de costume.

Novo vocalista (Foto: Divulgação)

Novo vocalista Luiz “Fella” (Foto: Divulgação)

Entre alguns covers, músicas novas como Moby Dick, e adaptações de canções do primeiro álbum Dos Males o Pior, a banda – composta por Fella (Violão, Banjo e voz), David Oliveira (Baixo), Ricardo Maians (Bateria) e Johnny Marquez (Guitarra) – mostrou uma face mais Hillbilly. Um dos destaques foi a repaginada que fizeram em “Transtorno Bipolar”, substituindo o violão base por um banjo, deixando a música com uma característica mais regional.

A banda já tem outra apresentação marcada para a próxima sexta-feira, dia 9 de setembro, à partir das 23h, no Rockerama Club, que fica localizado na rua Rui Barbosa, 401, Bela Vista – SP. Junto com eles, também vão tocar as bandas “Os Gringos”, “Guerrilha” e o Dj Rodrigo Branco, que faz parte do quadro de DJs da rádio Kiss Fm, na festa “Ace Of Spades Rock Party”.

(Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)

O quarteto formado em meados de 2008, entre bares sujos e bebidas baratas, como dizem, não poderia ter outro nome senão ”The Porres”. Os integrantes do grupo paulistano são fãs do rock e country dos anos 50, mas não demorou muito para caírem de cabeça no psychobilly, o que mudou completamente o estilo da banda.

“Nesses 6 anos juntos, tivemos o prazer de conhecer pessoas e bandas muito legais em várias regiões de São Paulo, Paraná e Minas Gerais, e ter participado de grandes festas como o Psychobilly Fest (2010) Red Foot Stomp (2011), Psycho Carnival (2013), além de casas importantes de SP e interior, como Centro Cultural da Juventude (CCJ), Inferno Club, Club Outs, Hangar 110, Hocus Pocus (SJC), Soud (Sorocaba), entre outros.

DSC_0124

(Foto: Divulgação)

Recentemente lançaram o disco ”Dos Males o Pior”, com produção musical de Joe Marshall, e músicas autorais, como ”Assassinato à moda antiga”, “Mortos vivos”, “Transtorno bipolar” e “Caminhão do cão”, além de um vídeo clipe oficial para “A Maldição” e dois demo clipes de ”A cadeira elétrica” e “Transtorno bipolar”.

Matérias Relacionadas
Psychobilly
Entenda o que é Psychobilly e como tudo começou
Psychobilly Frances
Bandas para conhecer da cena psychobilly francesa dos anos 80 e 90
Psycho Carnival
Shows internacionais, veteranos e novatos da cena nacional fecham última noite do Psycho Carnival
Kingargoolas
3º noite do Psycho Carnival é marcada por shows intensos

Deixe um comentário

3 + 14 =