Home > Destaque > Breve história dos sapatos: os anos 1930

Breve história dos sapatos: os anos 1930

17 de novembro de 2016, por Letícia Magalhães
Moda
Sapato Pre Code

Ao passar os olhos por um catálogo de sapatos femininos da década de 1930, você poderá ter a surpreendente impressão de que já viu aquilo tudo antes, nas ruas, nas vitrines ou até mesmo no seu guardarroupa. Os sapatos dos anos 1930 têm ares muito atuais até para quem não costuma mergulhar no universo Art Déco através de filmes, séries e livros.

Típico sapato dos anos 30

Típico sapato dos anos 30 (Foto: Reprodução)

Dentro de casa, e somente ali, sapatos sem salto eram permitidos. Em todas as outras atividades, trabalho, prática de esporte, festas, compras, estudos, as mulheres usavam sapatos de salto, de altura variável e formato em geral quadrado.

Sapatos Coloridos de 1930

Sapatos Coloridos de 1930 (Foto: Reprodução)

A consolidação da indústria dos calçados permitiu maior experimentação com adornos, estampas e perfurações nos sapatos. Ao longo da década, a fivela tão popular nos anos 20 foi aos poucos sendo abandonada, e o peito do pé poderia tanto ficar livre quanto ser totalmente coberto.

Sapato anos 30

Típico sapato dos anos 30 fotografado para a revista Life

Com um salto menor, os Oxfords passaram a ser usados também por mulheres, em especial quando jogavam tênis ou golfe. Cores contrastantes entraram na moda, em especial branco e preto e branco e marrom.

Sapatos Oxford

Sapatos Oxford feminino nos anos 30 (Foto: Reprodução)

Não podemos nos esquecer de que os anos 1930 também começaram com a Grande Depressão nos Estados Unidos e todos os países, de um jeito ou de outro, enfrentando as consequências da crise de 1929. Foi, então, a primeira vez que economia e moda convergiram, e surgiu o sapato personalizável: dois em um, o sapato vinha com uma ou mais “franjas” que podiam ser colocadas e desafixadas de acordo com a vontade da dona.

Pense agora em um sapato com amarração na perna. Mas pense nele com um bico redondo, fechado, e você terá os sapatos com Ghillie Laces, a febre tropical da década.

Modelo de sapato Ghillie Laces

Modelo de sapato Ghillie Laces, a febre dos anos 30 (Foto: Reprodução)

O cinema continuava ditando moda da cabeça aos pés, ainda mais com o fortalecimento do star system Hollywoodiano. A dupla Ginger Rogers e Fred Astaire, ambos com sapatos bicolores, era um grande destaque. É possível ver também sapatos de bico redondo e salto médio nos pés das moças dos filmes pre-Codes, aqueles com mais malícia feitos antes do código de censura de 1934.

Sapato Oxford Bicolor

Sapato Oxford Bicolor (Foto: Reprodução)

Hollywood também ditava a moda masculina. Dois dos maiores influenciadores da época foram Clark Gable, o rei de Hollywood, e o excêntrico produtor Howard Hughes. O estilo dandy de Hughes era o que mais refletia na moda dos calçados. Os sapatos sociais masculinos dos anos 1930 não eram muito diferentes dos da década anterior, mas como novidade foram introduzidos mocassins de couro para descanso e passeio.

Sapato masculino dos anos 30

Sapato masculino dos anos 30 (Foto: Reprodução)

Mais de 80 anos nos separam da década de 1930, mas basta olhar bem para o passado, e para a moda, para perceber que os anos pós-Depressão e pré-Segunda Guerra estão mais presentes no nosso cotidiano – e nos nossos pés – do que imaginamos.

sapatos anos 30

Sapato furadinho dos anos 30 (Foto: Reprodução)

Matérias Relacionadas
Conheça Cuphead, o jogo com visual dos desenhos animados da década de 1930
Fashion Time Machine
Fashion Time Machine: vídeo em realidade virtual une história da moda e cinema
Breve história dos sapatos: os anos 1960
Oxford anos 50 feminino
Breve história dos sapatos: os anos 1950

2 Responses

Deixe um comentário

18 − sete =