Home > Destaque > Breve história dos sapatos: os anos 1960

Breve história dos sapatos: os anos 1960

23 de fevereiro de 2017, por Letícia Magalhães
Moda

Quando pensamos nos anos 60, logo vêm à nossa mente cores, muitas cores, em uma combinação ousada e psicodélica. Para a sociedade de modo geral, esta foi a década de mais mudanças e questionamentos, além de grandes avanços nos direitos dos negros e das mulheres. Foi, claro, só o começo de uma longa caminhada. E o espírito livre invadiu também o mundo da moda.

Os jovens dos anos 60 não queriam ser como os pais. Eles queriam liberdade, novos valores e conforto. Sentir-se bem era mais importante que usar alta-costura ou calçados de marca. O consumo crescia devido à aparente prosperidade, e sapatos ficaram mais baratos, apesar de menos duráveis.

sapatos anos 60

Sapatos psicodélicos e coloridos dos anos 60 (Foto: Reprodução)

Os sapatos femininos de salto baixo, ou sem salto algum, se tornaram os favoritos. Com o vestido cada vez mais curto, a invenção da minissaia e a adoção de calças capri, as sapatilhas ganharam destaque no look. Elas não eram mais uma simples peça complementar, mas sim um acessório que poderia ou não contrastar com o resto da roupa.

Sapato colorido dos anos 60

Sapato colorido dos anos 60 (Foto: Reprodução)

Todos os tipos de sapatos de salto das décadas anteriores se transformaram em sapatilhas. Muito populares, porém um pouco desconfortáveis, eram as sapatilhas de ponta finíssima. Os poucos sapatos de salto que estavam na moda eram os modelos Mary Jane com salto quadrado.

E foi nos anos 60 que a primeira releitura da moda invadiu as lojas. Em meados daquela década os estilistas se inspiraram em sapatos do século XVII, tanto em estilo régio, com ponta mais fina e uma língua decorada no peito do pé, até o estilo peregrino, com franjas invadindo o peito do pé.

Sapatilha Ponta Fina

Modelo de sapatilha de ponta fina dos anos 60 (Foto: Reprodução)

Novos materiais deixaram sapatilhas e, em especial, botas, mais modernas. Esqueça a bota de chuva ou de neve: passou a ser moda usar botas de PVC, menos práticas mas muito mais coloridas. Era só usar um vestido acima do joelho com uma bota de tom berrante ou metálico um pouco abaixo do joelho e pronto: mais moderno, impossível.

Como as botas de PVC esquentavam muito a pele, era mais prático usar um tipo primitivo de ankle boot com bico bem fino ou mesmo tênis, que se popularizaram ao longo da década. Homens e mulheres jovens, em especial estudantes, adotaram os tênis como calçado de todos os dias e todas as ocasiões.

Tênis anos 60

Modelo de tênis usado nos anos 60 (Foto: Reprodução)

Um grupo bem característico dos anos 60 é o dos hippies. Sabe qual tipo de calçado fazia sucesso entre os hippies? Sapatos ortopédicos! E tudo graças a uma astuciosa jogada de marketing da marca Birkenstock: uma distribuidora americana percebeu que o calçado rústico com sola de cortiça ia de encontro com a paz e o amor dos hippies e começou a anunciar especificamente para eles.

Sandália hippie dos anos 60

Sandália hippie dos anos 60 (Foto: Reprodução)

Os jovens não-hippies tinham seu estilo fortemente influenciado pelos Beatles. As Beatle boots eram botas justas, de salto quadrado e que acabavam pouco depois do tornozelo. Outro grande fã de botas era o ator Steve McQueen. Para os mais elegantes, a inspiração era Michael Caine.

Beatles Boots

As famosas “Beatles Boots” (Foto: Reprodução)

Os anos 60 foram de muitas mudanças duradouras, inclusive na vestimenta e nos calçados. Vários modelos que surgiram ali são ainda queridinhos fashion, e a busca pelo conforto foi o estopim para o início de uma nova era na moda.

Matérias Relacionadas
Fashion Time Machine
Fashion Time Machine: vídeo em realidade virtual une história da moda e cinema
A geração Beatnik e os movimentos de contracultura nos anos 60; ouça também a playlist “Pé na Estrada”
Oxford anos 50 feminino
Breve história dos sapatos: os anos 1950
Estrelas além do tempo
Conheça as mulheres reais que inspiraram o filme ‘Estrelas além do tempo’

Deixe um comentário

três + 8 =