Home > Destaque > Festival celebra 40 Anos de Punk no Sesc Pompéia

Festival celebra 40 Anos de Punk no Sesc Pompéia

7 de novembro de 2017, por Jane Galaxie
Eventos

No final deste mês, um festival de música no Sesc Pompeia celebra os 40 anos de história que o punk rock completa em 2017. De 18 a 26 de novembro, 9 bandas e mais de 50 artistas se revezam no palco da Comedoria em apresentações comandadas por alguns dos mais representativos grupos de punk e pós-punk do país, como Ratos de Porão, Lixomania, Restos de Nada, AI5, Mercenárias, Patife Band, Questions e Sugar Kane.

Além dos shows regidos pelas bandas que construíram o repertório punk do país nas últimas décadas, o festival 40 Anos de Punk será encerrado pela apresentação O Punk Não Morreu, show especial composto por vários representantes do estilo musical no Brasil, que se intercalam no palco.

Apesar de ser difícil definir, com exatidão, quando o punk surgiu, foi em 1977 que o estilo musical explodiu para o mundo. Naquele ano, foram lançados alguns LPs pioneiros, além de coletâneas com o melhor do punk até o momento. É também em 77 que os “garotos de jaqueta preta” da Vila Carolina e de outros bairros do subúrbio paulistano, começaram a se reunir em grupos, organizar seus “sons de fita” e idealizar suas futuras bandas.

Com o Festival 40 Anos de Punk, o Sesc Pompeia pretende celebrar este estilo musical e preservar sua memória, ajudando a contar essa história que perdura há quase meio século.

Programação

Lixomania

Lixomania (Foto: Divulgação)

Com dois shows por noite, o festival 40 Anos de Punk começa no sábado, dia 18 de novembro, com apresentações do grupo paulistano de hardcore Questions e a banda Sugar Kane, nascida em Curitiba há 20 anos; na quinta, 23/11, o palco é ocupado por Ratos de Porão, formada em 1981 e provavelmente a banda punk há mais tempo em atividade sem nunca ter parado de tocar, e Lixomania, responsável pelo primeiro compacto de uma banda punk no Brasil – o EP Violência e Sobrevivência, de 1982.

O festival continua na sexta, dia 24/11, com shows da primeira banda punk do Brasil, a Restos de Nada, criada em 1978, mesmo ano em que nasceria o grupo AI5, que também sobe ao palco do Sesc Pompeia nesta noite; no sábado, dia 25/11, os grupos convidados são As Mercenárias, lendária banda pós-punk feminina de São Paulo, e Patife Band, criada por Paulo Barnabé nos anos 1980 a partir de um projeto que mescla punk rock, jazz e música brasileira.

No domingo, dia 26/11, para encerrar o festival, a apresentação especial O Punk Não Morreu reúne, no mesmo palco, dezenas de artistas que fizeram a história do estilo musical no país. Entre os músicos que se revezam no palco durante o show, quase todos eles tocaram no festival O Começo do Fim do Mundo, que aconteceu no Sesc Pompeia, em 1982.

História

AI-5

AI-5 (Foto: Divulgação)

Em meados dos anos 1960, as bandas de garagem mais radicais, como a inglesa Troggs e a peruana Los Saicos, faziam um som que hoje em dia é conhecido como Garage Punk. Na mesma época, o Velvet Underground surgia em Nova Iorque. Anos depois, ainda na década de 60, o MC5 e os Stooges gravaram seus primeiros discos, considerados os embriões do punk rock.

Em 1972, a revista Creem já usava o termo punk rock quando, no mesmo ano, David Bowie lançou seu quinto álbum, The Rise and Fall of Ziggy Stardust and the Spiders from Mars, que continha a música “Suffragette City”, uma espécie de pré-punk. Em 1976, o Damned, o Saints e os Sex Pistols lançaram compactos de punk rock.

No entanto, é em 1977 que o punk é, de vez, incorporado às setlists pelo mundo. Neste ano, os discos “Nevermind the Bollocks”, “Damned Damned Damned”, “Pink Flag” e “L.A.M.F.” são lançados, e também chega ao mercado a coletânea “A Revista Pop apresenta o Punk Rock”, lançada no Brasil pela Editora Abril, com o melhor do gênero até então.

SERVIÇO

Sesc Pompeia – Rua Clélia, 93
Festival 40 Anos de Punk
Bandas: Com Ratos de Porão, Lixomania, Restos de Nada, AI5, Mercenárias, Patife Band, Questions, Sugar Kane e o show especial “O Punk não Morreu”.
Datas: De 18 a 26 de novembro. Quinta, sexta e sábados, a partir das 21h30 (abertura da casa às 20h). Domingo, a partir das 18h30 (abertura da casa às 17h30).
Na Comedoria do Sesc Pompeia (Rua Clélia, 93, São Paulo – SP).
Apresentações não recomendadas para menores de 18 anos.
Confira valores e datas para venda de ingressos de cada show no link –> https://goo.gl/LKH1ob

Não temos estacionamento. Para informações sobre outras programações, acesse o portal sescsp.org.br/pompeia

Matérias Relacionadas
Elza Soares
No aniversário de São Paulo, Elza Soares apresenta ‘A Voz e a Máquina’ no Sesc Pompeia
Voodoo Brothers comemora 3 anos de banda cheio de novidades; confira entrevista com a dupla
AliceGuyBlache
Artistas criam diálogo musical e cênico com primeiros filmes feministas da história
Banda punk ‘Detratores’ disponibiliza prévia de álbum composto nos anos 80

Deixe um comentário

5 × 5 =