Home > Destaque > Botas brancas: clássico dos anos 60 volta com tudo nesse inverno

Botas brancas: clássico dos anos 60 volta com tudo nesse inverno

29 de maio de 2018, por Leila Benedetti
Moda
Bota Branca

Várias peças de vestuário vindas de décadas passadas vem e vão, tornando a moda um ciclo vicioso. Uma das coisas que os amantes da cultura retrô, principalmente as mulheres, mais gostam de fazer é seguir tendências do passado, seja em relação a uma determinada década ou até mesmo misturando várias, inclusive com o presente.

Aproveitando a chegada do inverno deste ano, esse famoso “ciclo vicioso” deu a vez agora para as botas brancas, que surgiram na segunda metade da década de 1960, voltou na década de 1980 e está indo e vindo de várias formas e tamanhos durante a década atual, que é a de 2010, agradando os mais variados estilos, do retrô até o mais moderno.

Bota Branca da C&A

Bota Branca vendida na C&A por R$130,00 (Foto: Reprodução/C&A)

As botas brancas estão acompanhando várias peças de moda, que vão de calças jeans, leggings e trajes para escritório até vestidinhos “tubinho” e outros looks retrô e alternativo. Famosas atuais como Bruna Marquezine, Giovanna Ewbank, Fernanda Souza e Maria Eugênia Suconic aderiram a tendência, com destaque para Suconic que usa e abusa do look “groovy, baby!”.

Famosas botas brancas

Famosas aderem as botas brancas e aproveitam o calçado em looks que vão do moderno até o retrô. (Foto: Reprodução/AgNews – Instagram)

A ORIGEM DA BOTA BRANCA

As botas brancas foram criadas em 1965 pelo estilista francês André Courrèges, que decidiu ampliar um pouco mais a sua coleção Space Age (Era Espacial), criada no ano anterior, além de aproveitar a febre das minissaias, causada pela também renomada estilista britânica Mary Quant, criando um calçado que combinasse muito bem com a então inovadora e revolucionária, porém, polêmica peça de vestuário.

Botas Brancas de André Courrèges

Modelos posam de botas brancas para a grife de André Courrèges. (Foto: Reprodução/ Courrèges)

SAÍDA E RETORNO À MODA

A onda começou a decair entre o ano de 1969 e a primeira metade da década de 1970 com o movimento hippie, onde as botas brancas deram lugar a sapatilhas e rasteirinhas. No Brasil, as botas só voltaram na década de 1980 graças à Xuxa, que usava durante seu programa matinal Xou da Xuxa, e à atriz teen americana Molly Ringwald, que atuou em vários filmes adolescentes da época, entre eles, A Garota de Rosa-Shocking, ambas agregando as botas ao look doce, romântico e todo cor-de-rosa.

Xuxa e Molly com botas brancas

Xuxa Meneghel e a atriz Molly Ringwald trazendo as botas brancas de volta a moda nos anos 80. (Foto: Reprodução)

As botas foram dispensadas mais uma vez nos anos 90, devido à tendência despojada e minimalista lançada na época. Só voltou à tona mais uma vez na chegada do inverno de 2011, quando a estilista parisiense Isabel Marant levou as botas brancas para as passarelas de forma mais repaginada, no estilo over the knee (botas acima dos joelhos que só ganhou popularidade em 2014) ou até mesmo no tamanho tradicional porém com franjas ou cadarços.

Botas Brancas Vogue

Botas brancas sendo exibidas na temporada de inverno de 2012, em Paris. (Foto: Reprodução/Vogue)

Hoje, ainda na década de 2010, as botas brancas estão voltando da mesma forma que vieram nos anos 60, básicas e na altura um pouco acima do tornozelo, já que o retrô está sendo muito bem valorizado hoje em dia. As botas já podem ser encontradas em várias lojas de calçados, das mais populares até as de grife. E aí? já comprou a sua e completou o seu guarda-roupa “sessentinha”? A autora que vos escreve já está juntando as suas economias para comprar.

Matérias Relacionadas
Homem na Lua
Era Espacial: Saiba mais sobre a origem deste movimento que influenciou uma década inteira
4 tendências atuais de sapatos femininos que combinam com looks retrô
Pin-Up Sapato
Uma seleção de sapatos divertidos para garotas pin-up
André Courrèges
André Courrèges e a moda libertária e futurista dos anos 1960

Deixe um comentário

4 + 4 =