Home > Cinema & TV > Relembre canções inesquecíveis das clássicas animações da Disney

Relembre canções inesquecíveis das clássicas animações da Disney

6 de novembro de 2015, por Fernanda Cruz de Oliveira
Cinema & TV

Todo mundo com certeza já se pegou cantando: “Hakuna Matata é lindo dizer, Hakuna Matata, sim, vai entender…” Pois é, as músicas dos filmes da Disney ultrapassaram gerações e, mesmo assim, ninguém se cansa de ouvi-las. Então, que tal relembrar alguns dos sucessos que fizeram parte da infância de muita gente?

Bela e a Fera – Sentimentos são

Lançado em 1991, o filme traz a história da inteligente Bela e da solitária Fera, um ser amaldiçoado. O filme é uma história de amor que começa de maneira bem inusitada. Mas, além do enrendo, as músicas são incríveis durante todo o longa, entre elas: “Alguma Coisa Aconteceu” e “Bonjour”. Mas, entre tantas, sem dúvida nenhuma “Sentimentos são” (Beauty and the Beast) é a mais marcante. Pela letra e pela cena para a qual ela serve de trilha. A música começa no momento em que a Bela e a Fera dançam sua primeira valsa. Toda a trilha sonora foi composta por por Alan Menken, com letras de Howard Ashman.

Aladdin – Um Mundo Ideal

Aladdin foi lançado em 1992 e inspirado no personagem homônimo do conto Mil e uma Noites. O protagonista é um ladrãozinho, que tem como fiel escudeiro o seu macaco Abu. Em uma de suas escapadas, Aladdin conhece Jasmine, filha do Sutão, por quem se apaixona. A pedido de Jafar, o rapaz vai buscar uma lâmpada mágica que realiza três desejos. A trilha sonora conta com seis canções, mas “Um mundo ideal” (Whole New World), é considerada o tema principal do filme. Foi escrita por Tim Rice, que compôs, em parceria com Howard Ashman, todas as canções do longa.

Cinderella – Bibidi Bobidi Bu

Em 1950 a Disney lançou Cinderella, que futuramente se tornaria uma das mais queridas princesas da produtora. A triste história da menina que perde o pai e acaba se tornando empregada da madrasta e das irmãs, é passada de geração para geração. A trilha sonora original chegou às lojas pela primeira vez em fevereiro de 1950. Composta por Mack David, Jerry Livingston e Al Hoffman, traz a animada “Bibidi Bobidi Bu”. A música aparece no filme no momento em que a Fada Madrinha encanta Cinderella para o baile.

Branca de Neve e os Sete anões – Eu vou

O filme A Branca de Neve e os Sete Anões foi pioneiro em muitos aspectos: foi a primeira animação produzida nos EUA totalmente em cores e a ser considerada um clássico da Disney. Lançado nos EUA em 1938, o filme tem como base o conto Branca de Neve dos Irmãos Grimm e conta a história de uma rainha muito má e invejosa que decide matar sua enteada por conta de sua beleza. Branca de Neve foge e acaba na casa dos Sete Anões (Dunga, Mestre, Feliz, Dengoso, Soneca, Zangado e Atchim). As músicas de Branca de Neve e os Sete Anões foram compostas por Frank Churchill e Larry Morey. Uma das mais conhecidas é “Eu Vou”, cantada pelos anões quando saem da mina de diamantes.

A Pequena Sereia – Aqui no mar

A Pequena Sereia tem com inspiração o conto homônimo do escritor dinamarquês Hans Christian Andersen. Foi lançada em 1989 e conta a história de Ariel, uma jovem sereia de 16 anos, filha do Rei Tritão. Seus melhores amigos são o siri Sebastião e o peixe Linguado. Ariel adora a vida humana e, por sua curiosidade, acaba conhecendo e se apaixonando pelo príncipe Eric. Para se tornar da mesma espécia do rapaz, a sereia faz um trato com Úrsula e troca sua voz pela vida humana. A animação conta com muitas canções animada, destaque para “Aqui no Mar” (Under the Sea), interpretada por Sebastião.

Bela Adormecida – Foi Você

A animação da Disney foi baseada no conto de fadas, que leva o mesmo nome, de Charles Perrault. A história da princesa Aurora, amaldiçoada pela bruxa Malévola ao picar o dedo em uma roca no seu aniversário e dormir profundamente, é das histórias mais memoráveis da Disney. Quem rouba a cena são as três fadas madrinhas: Flora, Fauna e Primavera. Mas, um dos momentos mais bonitos é quando Aurora canta com o príncipe Felipe. Toda a trilha sonora foi baseada no balé Sleeping Beauty e traz uma das músicas mais belas da Disney: “Foi Você” (Once Upon Time).

Alice no País das Maravilhas – Desaniversário

Alice no País das Maravilhas foi baseado no livro homônimo de Lewis Carroll e lançado pela Disney em 1951. Alice é uma menina muito curiosa que cai num buraco à procura do Coelho Branco. Desse momento em diante, ela vai parar no País das Maravilhas, onde encontra personagens como Mestre Gato, Chapeleiro Maluco, Lebre, a Lagarta, Rainha de Copas, entre outros animais e flores que possuem vida própria. Entre tantas músicas, destaque para “Desaniversário”, sobre o dia que não é o “seu” aniversário, interpretada pelo Chapeleiro e pela Lebre.

Pinóquio – A estrela dos sonhos

Que criança nunca ficou com medo do nariz crescer se contasse uma mentira? Tudo isso por conta do desenho Pinóquio. Esse clássico da Disney é uma adaptação do livro As Aventuras de Pinóquio, de Carlo Colldi, e foi lançado em 1940, contando a história do madeireiro Geppetto, construtor de um boneco de madeira chamado Pinóquio, que ganha vida através da Fada Azul. Para virar um menino, ele teria que provar sua bravura, lealdade e honestidade. Apesar dos avisos de seu esperto amigo Grilo Falante, Pinóquio se envolve em uma confusão atrás da outra, até que precisa salvar Gepeto, preso dentro da barriga de uma baleia. As músicas foram compostas por Leigh Harline e as letras escritas por Ned Washington. Destaque para “A estrela dos sonhos”.

Mogli – Necessário, somente o necessário

Considerado um dos clássicos da Disney, Mogli – o menino lobo é de 1957 e teve como base o livro The Jungle Book, de Rudyard Kipling. O filme conta a história de Mogli, um menino criado na selva por lobos. Seu amigo Banguera, uma pantera, tenta convencê-lo a buscar segurança no mundo dos homens. Mas, o garoto prefere seguir os conselhos de Balu, um urso que só pensa em curtir a vida. Juntos, eles dão início a uma grande jornada em direção à civilização e encontram no meio do caminho um orangotango maluco, uma cobra com poder de hipnotizar e Shere Khan, um tigre ameaçador. Um dos momentos mas legais fica por conta da divertida cena em que Balu canta “Somente o Necessário”.

Pocahontas – Cores do Vento

Pocahontas é o único clássico da Disney baseado em uma história real. Foi lançado originalmente em 1995 e traz a história do amor proibido entre a índia norte-americana Pocahontas e o capitão inglês John Smith. Tudo tem início quando um navio parte da Inglaterra com o objetivo de encontrar o Novo Mundo. Durante a expedição, John conhece Pocahontas e os dois se apaixonam. Um dos momentos mais marcantes do filme fica por conta da música “Cores do Vento”.

Tarzan – You´ll be in my heart

Tarzan foi lançado nos cinemas em 1999, como uma adaptação da obra homônima de Edgar Rice Burroughs. A história fala de um casal que se perde em uma selva africana depois de um acidente de navio. Eles morrem atacados por um jaguar, mas seu único filho sobrevive. O pequeno bebê é adotado por uma família de gorilas e cresce acreditando ser um deles. Quando torna-se adulto, Tarzan precisa decidir a qual mundo quer pertencer. A trilha sonora foi composta por Phil Collins e é uma das mais premiadas da Disney. O grande destaque é a canção “You´ll be in my heart”.

Rei Leão – Hakuna Matata

O filme de 1994 conta a história de leão Simba. O filhote do Rei Mufasa é alvo da inveja de seu tio Scar, que planejava ser o rei quando seu irmão morresse. Sendo assim, ele bola uma plano para se livrar do sobrinho e de Mufasa. Quando Simba se vê injustamente acusado pela morte de Mufasa, sua única chance de salvar sua vida é se exilar das Terras do Reino. Ele encontra abrigo junto a um javali chamado Pumba e a um suricate com o nome de Timão. Os dois lhe ensinam a filosofia do “Hakuna Matata” (sem problemas). A animação é um dos maiores sucessos da Disney e possui uma trilha sonora incrível. Dificil é escolher uma música só entre tantas. Mas, sem dúvida, a que marcou a infância de diversas crianças pelo mundo a fora é Hakuna Matata.

Matérias Relacionadas
Princesas da Disney ganham nova roupagem em ensaio fotográfico com modelos negras mirins
Marcas investem em personagens Disney para suas coleções
Conheça a casa em Orlando onde ficarão hospedados os vencedores do Concurso de Topetes e Penteados Retrô
Resenha do filme A Bela e a Fera: O retorno da magia de um clássico

Deixe um comentário

dezesseis − sete =