Home > Destaque > Universo Retrô faz confraternização no Lar das Mãezinhas para comemorar sucesso de calendário beneficente

Universo Retrô faz confraternização no Lar das Mãezinhas para comemorar sucesso de calendário beneficente

15 de março de 2016, por Mirella Fonzar
Eventos

No final de 2015, o Universo Retrô, em parceria com a consultoria Be a Bombshell e a marca de roupas retrô Sundae Inc, lançou um calendários de pin-ups em prol do Lar das Mãezinhas, casa de repouso localizada no bairro da Penha, em São Paulo. Com renda destinada ao lar de idosas, o projeto convidou 12 mulheres que têm o retrô como estilo de vida, representando cada um dos meses do ano, de acordo com suas preferências e estilo.

Quatro meses depois, para comemorar o sucesso das vendas parciais da publicação (ainda dá tempo de adquirir o seu, saiba aqui), a equipe envolvida no calendário organizou uma festa de confraternização com as idosas da instituição, no último domingo, 13 de março. O evento contou com lanche colaborativo, visita das pin-ups vestidas no estilo, show ao vivo com Ton White e apresentação burlesca/cheesecake de Marília Skraba.

Marilia Skraba

Marília Skraba se apresentando para senhoras e amigos no Lar das Mãezinhas (Foto: Universo Retrô)

“Elas ficaram encantadas com o evento. Foi uma maneira de voltarem no tempo conosco. Além das meninas, que foram todas caracterizadas com looks dos anos 40, 50 e 60, tivemos uma apresentação musical super especial que fez muitas delas cantarem junto e relembrarem as músicas do passado”, conta Daise Alves, editora do Universo Retrô e uma das organizadoras do projeto.

“Pudemos conferir também à apresentação fofa de Marília Skraba, que trouxe passos de balé e burlesco, numa coreografia super delicada, e assistimos ao vídeo “Memórias”, que reuniu depoimentos de algumas das mãezinhas, falando sobre o passado, para a série Vintage Lovers, em parceria com a Hello Vargas Filmes. Foi uma tarde realmente especial.”, completa.

Localizada no bairro da Penha, na Zona Leste de São Paulo, a casa de longa permanência existe há 33 anos. Coincidência ou não, o local destinado a idosas carentes foi inaugurado no dia 8 de março de 1982, Dia da Mulher. Na época, Ivana Graciano, de, então, 49 anos, convenceu seu pai, Antonio, a construir um espaço que abrigasse idosos carentes, pois, segundo ela, são os mais esquecidos por nossa sociedade e governo.

Os dois, então, com a ajuda da neta e filha, Ivani Milani, trocaram a direção de um Centro Espírita na região pela construção dessa nova casa. Investiram o que podiam na época e foram atrás das novas moradoras. Inicialmente, resgataram 18 senhoras dos mais remotos locais de São Paulo; favelas, ruas e outras instituições.

Lar das Mãezinhas

Lanche da tarde no Lar das Mãezinhas (Foto: Universo Retrô)

A ideia era ter um lar totalmente filantrópico, com o objetivo de dar amparo, assistência integral, reinclusão e, acima de tudo, muito amor às idosas. Tudo isso com o apoio dos frequentadores do Centro. Porém, com o passar do tempo e o aumento do número de moradoras, foi ficando bastante difícil para Ivana sustentar o lar apenas com doações e voluntariado.

Hoje, para funcionar nos conformes da lei, a casa precisa que todos os funcionários sejam registrados. As cuidadoras e os voluntários tiveram que ser substituídos por enfermeiras registradas, além de toda a alimentação das idosas ser controlada por nutricionistas. Com isso, as contas também começaram a crescer e as dificuldades a bater na porta deste lar.

Ton White

Ton White apresentando show de voz e ukulele com sucessos dos anos 50 e 60 (Foto: Universo Retrô)

A solução que Ivana encontrou foi pedir a colaboração também das famílias de algumas idosas com melhores condições, que poderiam contribuir financeiramente com a casa. Assim, hoje, cada uma colabora com o que pode. Somado a isso, doações de mantimentos, remédios, roupas, serviços ou mesmo dinheiro, vindo de empresas ou pessoas, continuam a manter o local funcionando.

Atualmente, o Lar das Mãezinhas abriga 35 senhoras divididas em duas alas – as mais debilitadas (60% tem Mal de Alzheimer) e as menos debilitadas -, nas quais 13 delas não têm condições de colaborar financeiramente com o local. Porém, segundo Ivana, todas são tratadas de maneira igual e, inclusive, são chamadas por ela de filhas. Ivana integra a direção da instituição desde o início e, hoje, aos 82 anos, também vive e trabalha na casa.

Pin-ups com idosas do Lar das Mãezinhas

Pin-ups com idosas do Lar das Mãezinhas (Foto: Universo Retrô)

Além dela e sua filha Ivani, a equipe é composta por 23 profissionais de enfermagem, nutrição, cozinheiras, faxineiras, lavadeiras, cuidadoras de idosos e auxiliares de serviços gerais. Sem contar os profissionais voluntários das mais diversas áreas que colaboram para a instituição continuar seu belo trabalho. A casa é aberta para visitas três vezes por semana.

“O local precisa muito de nossa ajuda. Infelizmente, a casa corre o risco de fechar as portas por falta de verba para pagar o salário dos funcionários. Portanto, pedimos a colaboração de quem puder ajudar com a causa. Seja na compra do calendário, seja fazendo uma visita às senhoras ou mesmo doando mantimentos. O projeto é muito sério e necessita do nosso apoio”, explica Daise.

Lar das Mãezinhas

Pin-ups com Josi, moradora do Lar (Foto: Universo Retrô)

Pin-ups em frente ao Lar das Mãezinhas

Pin-ups em frente ao Lar das Mãezinhas (Foto: Universo Retrô)

SERVIÇO

Lar das Mãezinhas
Rua Julio Colaço, 179 Vila Aricanduva – São Paulo
Perto da Estação Penha do Metrô – esquina com a Radial Leste
Tel: (11) 2294-6597 e (11) 2093-3722 – Falar com Ivani ou Ivana

Matérias Relacionadas
Dracurella
Estrelado por Dracurella, editorial pin-up de Halloween tem inspiração em ‘A Noiva de Frankenstein’
FabiCherry
Tropicalidade brasileira é realçada no Calendário do Universo Retrô; veja editorial completo
Madame Rose n' Roll
Páscoa é destaque no Calendário do Universo Retrô; veja o editorial completo com a nossa coelhinha
10 motivos para adquirir o Calendário de Pin-Ups do Universo Retrô em prol do Lar das Mãezinhas

Deixe um comentário

6 + dezesseis =