Home > Destaque > Com seu estilo “customizado”, Paola Cristine é a Pin-Up do Mês no site

Com seu estilo “customizado”, Paola Cristine é a Pin-Up do Mês no site

19 de março de 2019, por Daise Alves
Moda
Pin-Up com cachorro

Diretamente de Curitiba, no Paraná, a nossa Pin-Up do Mês, Paola Cristine, de codinome pin-up Miss Gold, se destaca, não só pelos seus projetos de modelo pin-up, alternativa e pelas as suas tatuagens, mas também com o seu trabalho de tatuadora, no seu próprio estúdio de tatuagem, o Musa Tattoo. Desenvolvendo diversas técnicas, principalmente, no estilo Comics, que é sua paixão, Paola já ganhou vários prêmios em convenções pelo reconhecimento da sua arte.

Convidada para ser uma das modelos de cabelo do Penteadeira Vintage, em que a especialista Mahara Alberttoni fez o famoso topete da Carmen Miranda, foi aproveitada a oportunidade para registrar esse momento em um ensaio exclusivo para o Universo Retrô.

Fotografada por Mel Gabardo, fotógrafa brasileira que se destaca por seus trabalhos com figuras alternativas, inclusive, com personalidades internacionais como Dita Von Teese, Paola mostra que mesmo sendo tatuada, pode sim ser uma mulher fina e elegante, ao contrário do que muita gente pensa. Confira a seguir, o ensaio completo com entrevista e conheça um pouco mais a nossa Pin-Up do Mês.

Paola Cristine

(Foto: Mel Gabardo)

Universo Retrô – Uma vez você comentou que caminha pelo mundo alternativo, das pin-ups e das tatuagens, e por estar em diversos meios, nunca conseguiu ser aceita exatamente em nenhum. Depois desse desabafo, você sentiu alguma mudança em relação a isso?

Paola Cristine – Depois de desabafar me senti mais leve enquanto a isso, porque na verdade, o importante não é ser aceita, mas nos aceitarmos. Pode até ser difícil ser diferente, mas vale se amar. Eu me senti mais forte e determinada.

Pin-Up Miss Gold

(Foto: Mel Gabardo)

Universo Retrô – Como tatuadora, o que você mais tenta desenvolver em relação ao seu trabalho e qual seu estilo preferido?

Paola Cristine – Eu adoro Comics, principalmente os clássicos, e procuro valorizar isso. Tento dar um ar vintage, principalmente na forma que pigmento, mesmo não fazendo uma tatuagem tradicional. Me inspiro nas ilustrações de pin-ups, e claro, Alex Roos, ele tem um estilo realista mas que lembra os quadrinhos antigos, o que eu amo.

Pin-Up Miss Gold

(Foto: Mel Gabardo)

Universo Retrô – E seus clientes, o que as mais buscam em relação ao seu trabalho?

Paola Cristine – Meus clientes, geralmente, vêm atrás das cores vivas. Eu amo cores vibrantes e eles se identificam.

Pin-Up Miss Gold

(Foto: Mel Gabardo)

Universo Retrô – Além do seu trabalho artístico como tatuadora, você também pinta lindas telas. Esse seria apenas um hobbie, como complemento do seu processo criativo, ou também é mais um dos seus projetos?

Paola Cristine – Sim, eu pintos telas também. No momento é mais um estudo, mas quero ver se ano que vem me dedico mais as pinturas e diminuo um pouco as viagens e eventos. Quem sabe fazer minha primeira exposição de comics.

Pin-Up Miss Gold

(Foto: Mel Gabardo)

Universo Retrô – Como modelo alternativa e pin-up, para quais tipos de trabalhos você costuma ser convidada?

Paola Cristine – Geralmente para roupas do universo custom, eventos de carros antigos e customizados. Também já fiz trabalhos de divulgação de materiais de tatuagens, fui garota Electricink durante 5 anos, e a empresa sempre amou e valorizou a meu visual como pin-up. Eu costumo dizer que sou uma pin-up costumizada, amo o universo vintage e o da tatuagem.

Pin-Up Tatuada

(Foto: Mel Gabardo)

Universo Retrô – Com o trabalho de modelo, você costuma ser remunerada? Sente algum amadurecimento do mercado em relação a isso ou ainda há muito a crescer?

Paola Cristine – Têm trabalhos que são remunerados, mas nem todos. Ainda há muito que melhorar na área. No exterior, muitas meninas conseguem viver totalmente como modelo alternativa e pin-up. Mas, posso dizer que no Brasil ainda não é possível.

Pin-Up Tatuada

(Foto: Mel Gabardo)

Universo Retrô – Você já vem construindo alguns trabalhos com a fotógrada Mel Gabardo, e coincidentemente, ambas aparecem oficialmente juntas pela primeira vez aqui no Universo Retrô. Como foi desenvolver com ela essa sessão para o Pin-Up do Mês?

Paola Cristine – Bem, eu conheço a Mel Gabardo há aproximadamente 9 anos. Ela estava concluíndo o curso de fotografia e eu começando a tatuar. Ela, inclusive, fez meu primeiro book vintage. Adoro o trabalho dela! Temos uma sintonia boa juntas e foi maravilhoso fazer mais esse trabalho com a Mel. Cada pose é um clique!

Pin-Up Tatuada

(Foto: Mel Gabardo)

Universo Retrô – Existe algum trabalho fotográfico retrô que você ainda não fez e tem vontade de fazer?

Paola Cristine – Sim. Ainda não fiz um ensaio de terror vintage. Muitos não sabem, mas eu adoro terror, principalmente, o clássico. Seria muito legal um ensaio assim.

Pin-up Paola Cristine

(Foto: Mel Gabardo)

Universo Retrô – Deixe uma dica para as garotas pin-ups que estão iniciando o estilo agora e têm vontade de ser uma pin-up moderna, cheia de tatuagens.

Paola Cristine – Primeiramente, acreditem no seu potencial. Estudem muito, pois posar não é fácil e vocês como pin-ups, mesmo modernas, tem que ter uma noção da história dessas mulheres, isso vai construir o seu amor pelo vintage. E, principalmente, se divirtam, essa é a melhor parte!

Pin-up Paola Cristine

(Foto: Mel Gabardo)

Matérias Relacionadas
Pin-up do Mês Frany Brunette
Frany Brunette é a Pin-Up do Mês em ensaio super glamouroso
Ensaio inspirado em Carmen Miranda
Sweet Valentina: Miss Hot Rods é a Pin-Up do Mês com ensaio inspirado em Carmen Miranda
Estilo Pin-Up Tiki
Ensaio Tiki é tema do primeiro Pin-Up do Mês do ano com Madame Rose’n’Roll
Pin-Up Taco de Baseball
Com olhar esportivo, baseball é a temática do Pin-Up do Mês com Miss Salty

Deixe um comentário

19 − três =