Home > Destaque > Grupo de rock lança versão punk rock de Bezerra da Silva

Grupo de rock lança versão punk rock de Bezerra da Silva

7 de janeiro de 2018, por Jane Galaxie
Música
Bezerra da Silva

Em 1977 enquanto o punk explodia na Inglaterra, o malandro Bezerra da Silva gravava, nos morros cariocas, o LP Partido Alto Nota 10. Quarenta anos depois, a Armada une forças com Kiko Zambianchi para lançar uma versão punk rock de Cobra Criada, um dos clássicos deste álbum do sambista.

“Gosto muito do Bezerra, coleciono os LPs dele e sempre tive vontade de gravar uma versão para essa música, que é uma das minhas favoritas”, conta Henrike Baliú, vocalista da Armada. “Convidei o Kiko por que imaginei que se tivesse alguém capaz de transformar o samba em punk, sem perder o gingado, seria ele”.

O cantor e compositor de hits como Primeiros Erros e Rolam as Pedras releva como foi a experiência de criar uma nova versão para “Cobra Criada”: “O samba sempre tem alguns acordes que não combinam com o rock’n’roll. Assim sendo, a solução é excluir os acordes que podem ser excluídos para simplificar a harmonia. Depois de algumas ouvidas e de resolver a levada e a métrica, tudo ficou mais fácil e intuitivo”, diz Kiko que conta ter aceito o desafio, pois acredita na banda.

“Gostei da Armada. As músicas, o conceito, a atitude, é tudo muito rock’n’roll, direto e sem firulas. Ser convidado para o primeiro disco de uma banda com essa personalidade é sempre um grande prazer. Espero que este disco seja o primeiro de muitos e que essa parceria continue”.

“Cobra Criada” faz parte do álbum “Bandeira Negra”, já em pré-venda e previsto para ser lançado em fevereiro de 2018 pela Hearts Bleed Blue. A faixa é mais uma parceria inusitada da Armada, que divulgou no mês passado Próxima Estação, música que tem a participação especial de Sérgio Reis.

Matérias Relacionadas
Fita K7
Gravadora Hearts Bleed Blue participa do Cassette Store Day

1 Response

  1. Jacqueline

    É interessante o documentário sobre os compositores das músicas do Bezerra da Silva,pois são pessoas pobres,das comunidades e que possuem,até hoje,uma vida simples.

Deixe um comentário

quatro + 20 =