Home > Destaque > Com Pin-up oriental, Dia Mundial do Rock é homenageado no mês de julho do Calendário do Universo Retrô

Com Pin-up oriental, Dia Mundial do Rock é homenageado no mês de julho do Calendário do Universo Retrô

7 de julho de 2016, por Daise Alves
Moda
Mari Kato

O mês de julho é marcado pelas baixas temperaturas do inverno e pelas tradicionais “festas julinas”. Mas é também nessa época que comemora-se o Dia Mundial do Rock, data escolhida para ser homenageada no Calendário 2016 do Universo Retrô. Celebrada na próxima quarta-feira, dia 13, a data surgiu após o acontecimento do Live Aid, um megaevento com shows simultâneos entre as cidades de Londres e Filadélfia, transmitidos ao vivo pela BBC para vários países.

O evento, que aconteceu no ano de 1985 e reuniu diversos artistas do gênero, como Queen, David Bowie, Elton John, entre outros, tinha como foco usar a música na luta pelo fim da fome na Etiópia. Por ter muitos artistas famosos envolvidos, o evento acabou chamando muito atenção para a causa. A expressão “Dia Mundial do Rock” foi citada por Phil Collins, músico conhecido da banda Genesis, que gostaria que aquele dia fosse considerado como tal. Apesar do mundial no nome, a data é comemorada apenas no Brasil, quando radialistas de rádios do segmento começaram a citar a data na programação que foi bem aceita pelos ouvintes.

Mari Kato

Mari Kato em foto oficial para o Calendário do Universo Retrô (Foto: Marcello Garcia)

Para representar a data que homenageia o gênero que está muito atrelado aos amantes da cultura vintage, Mari Kato, maquiadora profissional e que carrega em si o estilo Pin-up, principalmente quando o assunto é old school, além de ser uma apaixonado por rock’n’roll, foi escolhida para ser a nossa “Estrela do Rock” no Calendário de Pin-Ups 2016 do Universo Retrô, feito para apoiar o Lar das Mãezinhas em parceria com o Be a Bombshell e a Sundae Inc.

Em seu figurino, Mari usa um vestido com estampa de cerejas, clássico entre as pin-ups, jaqueta de couro, sapato de salto bicolor, lenço no pescoço e um típico penteado victory rolls. O diferencial também está na diversidade, que mescla o estilo Rockabilly Girl, com a origem oriental da nossa Pin-Up, provando que o estilo vai muito além das fronteiras americanas. Realizado na CIA 66, suas fotos contaram com duas ambientações: a primeira composta por uma jukebox, aparelho musical típico dos anos 50, e uma lanchonete que remente aos antigos diners, lugar também muito frequentando pelos jovens dessa época.

Veja abaixo a entrevista mais ensaio completo e apaixone-se pela nossa Pin-Up de julho, Mari Kato:

Universo Retrô: Qual sua relação com a cultura vintage e o universo das pin-ups?

Mari Kato: Minha relação é de muito amor (risos). Desde decoração, música, acessórios, roupas… Eu sempre me inspiro no vintage, e amo as pin-ups, tenho umas 5 tatuadas pelo corpo!

Pin-Up Oriental

(Foto: Marcello Garcia)

Universo Retrô: Com qual “estilo de pin-up” você mais se identifica? Como ele está aplicado no seu dia a dia?

Mari Kato: Eu acho que meu estilo favorito é o mais moderno. É se inspirar no vintage, mas não ser literal, misturar o moderno com o clássico, eu acho lindo. Como usar uma saia dos anos 50 com uma camiseta mais “podrinha”, e claro, muita tattoo.

Pin-Up Oriental

(Foto: Marcello Garcia)

Universo Retrô: Você é descendente de japoneses. Acredita que esse estilo é comum entre os orientais?

Mari Kato: Olha…acho que sempre tem um japonês em cada estilo viu?! (risos) e sempre são super montados e estilosos, tem desde de “japa bossa nova” até mais psychobilly.

_MDG7377

(Foto: Marcello Garcia)

Universo Retrô: Você trabalha como maquiadora, como foi estar do outro lado dessa vez?

Mari Kato: Foi um pouco esquisito, mas também muito gostoso… eu estava me achando com toda aquela produção e em ser maquiada e penteada. Amei!

Pin-Up Girl

(Foto: Marcello Garcia)

Universo Retrô: Como maquiadora e alguém que vive esse estilo diariamente. Quais dicas de beleza você dá para quem quer seguir esse visual?

Mari Kato: Dica principal é cultivar uma pele linda, tanto nos cuidados diários, como na maquiagem, porque se você olhar nas fotos das nossas divas do passado, a pele de porcelana era sempre presente: máscara de cílios, delineador gatinho ou um esfumadinho com uma cor mais escura no côncavo, blush só pra dar uma corada, iluminador (faz parte do toque moderno), e claro, batons nos tons de vermelho (eu prefiro os mattes) desde o mais aberto até os puxando para o vinho. Esse make é básico e deixa todas lindas e com esse ar vintage! Invistam nos penteados também, porque as Pin-ups arrasam nos cabelos!

Pin-Up Oriental

(Foto: Marcello Garcia)

Universo Retrô: Como foi ser a escolhida para representar o Dia do Rock no Calendário do Universo Retrô?

Mari Kato: Adorei, ainda mais porque a referência é simplesmente uma das minhas personagens preferidas, a Wanda do Cry Baby! E julho é o mês do meu aniversário, então, mais incrível ainda!

Pin-Up Oriental

(Foto: Marcello Garcia)

Universo Retrô: Como você enxerga a cena vintage hoje?

Mari Kato: A cena vintage cresce cada vez mais. A cultura de comprar em brechó, de ter carros e motos antigas, colecionar discos etc…acho isso maravilhoso, porque além de tudo é um mercado que cresce, e pessoas como nós que vivem esse mundo, podem viver dele, antes tudo era muito mais difícil.

Mari Kato

(Foto: Marcello Garcia)

Universo Retrô: O que é importante para manter a cultura retrô viva?

Mari Kato: O importante é ter sempre gente que acredita no que gosta, como vocês, e investem no que acreditam!

Universo Retrô – Você prefere atuar atrás das câmeras como maquiadora ou na frente delas como modelo? Você vê a segunda opção como trabalho ou hobbie?

Mari Kato: Por mais que eu tenha adorado, minha paixão é make e cabelo, além de ser meu trabalho há quase uma década! A história de ser modelo é muito divertida, mas sou completamente amadora, não posso nem sonhar em dizer que sou modelo!

Mari Kato

(Foto: Marcello Garcia)

Universo Retrô: Você está em contato direto com a moda. Como enxerga esse estilo no meio comercial?

Mari Kato: Acredito mesmo que essa área esteja crescendo, vemos inspirações retrô em eletrodomésticos novos, em roupas de coleções atuais, até tattoos oldshool em roupas de lojas de departamento! Então, no meio comercial o retrô já faz parte, pouco a pouco a gente não fica tão esquisita assim aos olhos da sociedade.

Matérias Relacionadas
Diva Jazz
Editorial de novembro do Universo Retrô é inspirado nas divas do jazz
Dia da Secretária é homenageado no Calendário do Universo Retrô; veja editorial completo
Pin-Up Marilia Skaraba
Representando o Dia do Soldado, Marilia Skraba é destaque de agosto no calendário do UR; veja editorial e entrevista
Mick Jagger
Dia do Rock: Sugestão de produtos do Baú Vintage para presentear os amigos

Deixe um comentário

cinco × 1 =