Home > Destaque > Ícone dos anos 70, chapéu Floppy é tendência entre frequentadoras de festivais

Ícone dos anos 70, chapéu Floppy é tendência entre frequentadoras de festivais

2 de março de 2016, por Renata Romero
Moda

A próxima edição do festival Lollapalooza acontece neste mês de março, nos dias 12 e 13, sábado e domingo, no Autódromo de Interlagos, em São Paulo. Portanto, não há momento melhor para falarmos deste modelo de chapéu que é o queridinho das frequentadoras do festival há algumas edições.

O modelo Floppy (em inglês, Mole) é aquele chapéu de aba muito larga (dando liberdade de modelagem), em feltro, que ficou muito conhecido na década de 1970 por ser usado e abusado pela atriz Brigitte Bardot e por outras mulheres que frequentavam festivais de música e arte, como o Woodstock. Inclusive, até hoje é muito usado em eventos do gênero.

Brigitte Bardot e seu floppy hat

Brigitte Bardot e seu floppy hat (Foto: Reprodução)

O Floppy realmente é muito democrático, encara todas as estações do ano e garante charme e estilo a qualquer produção. Apesar de poder ser usado com tranquilidade no verão, para proteger do sol em eventos ao ar livre, esse modelo combina mesmo com o inverno. Por surgir em um um tecido mais pesado, o feltro já passa aquele “ar” de quentinho e confortável. A aba é muito larga, então, para dias de garoa, é ideal!

O chapéu ao mesmo tempo que protege é um acessório de muito estilo e garante bossa a qualquer look. No entanto, muitas garotas ainda se sentem inseguras em utilizar a peça, achando grande ou exagerada demais. Uma dica importante para qualquer look é: Se pintar dúvida, não use! Não vale a pena sair com um acessório lindo e sentir-se incomodada.

Vintage Floppy

Vintage Floppy (Foto: Reprodução)

Ele tem que fazer parte de você, assim como todas as outras peças que irão compor seu look. Melhor ainda se o seu estilo, em geral, pender para o sessentinha ou setentinha, assim, você não corre o risco de parecer fantasiada.

Vamos aproveitar que anda garoando em São Paulo e abusar deste acessório? Mas, não se esqueça de caprichar na maquiagem! Se a ideia é seguir o estilo Bardot, invista nos olhos bem marcados e boca nude. Mas, se preferir, combine com o bom e velho batom vermelho e arrase na produção. A seguir, algumas ideias para você se inspirar na hora de compor o look:

floppyhat

Batom rosado ou vermelho e óculos escuros caem bem (Foto: Reprodução)

Chapéu Floppy

Como usar em dias mais quentes e temperaturas mais amenas, com vestidos leves (Foto: Reprodução)

Em looks mais invernais (Foto: Reprodução)

Ou em looks mais invernais, com bota e casaco (Foto: Reprodução)

Matérias Relacionadas
Amelinha grava álbum dedicado à obra de Belchior, com clássicos como “A Palo Seco” e “Paralelas”
Estúdio de Tatuagem em SP
Lollapalooza terá Kombi Safari transformada em Tattoo Truck por dois estúdios de SP
Com arquitetura do mediterrâneo dos anos 40, hotel-boutique é inaugurado em Búzios – RJ
5 chapéus retrô para se apaixonar; saiba onde comprar o seu com desconto

Deixe um comentário

quatro + dezesseis =