Home > Cinema & TV > Há 50 anos Vera Fischer era eleita Miss Brasil; veja sua trajetória

Há 50 anos Vera Fischer era eleita Miss Brasil; veja sua trajetória

6 de abril de 2019, por Jessica Silva
Cinema & TV
Vera Fischer

Provavelmente você já ouviu falar do concurso de beleza mais famoso do país, o Miss Brasil. Em 1969 o concurso elegeu uma das mais icônicas e famosas vencedoras, Vera Lúcia Berndt Fischer, mais conhecida como Vera Fischer. Vera foi a primeira catarinense a ganhar o título da mulher mais bela do país e a posse da coroa mudou sua vida, tornando-a conhecida nacionalmente. Ao disputar o Miss Universo daquele ano, apesar de não levar o prêmio, brilhou entre uma das 10 finalistas.

A queridinha do Brasil conta em seu livro biografia Vera, a Pequena Moisi (2007) que tinha apenas 17 anos ao participar do evento e ninguém sabia, e que também, apesar de ser contra uma das regras do concurso, ela usava apliques nos cabelos.

Vera Fischer, Miss de 1969

Vera Fischer, Miss de 1969

Filha de mãe brasileira com ascendência alemã e pai alemão, nasceu na cidade de Blumenau em 27 de novembro de 1951.

Cresceu em um lar rígido e comunicou-se exclusivamente em alemão até os cinco anos de idade, aprendendo português apenas ao iniciar seus estudos em colégio católico. Apesar de sua família ser protestante, frequentava fielmente tanto os cultos, quanto às missas.

A miss continuou modelando e começou sua carreira de atriz estrelando pornochanchadas. Em 1977 estreou nas telenovelas, em Espelho Mágico como Diana Queiroz (Débora) e provou a que veio.

Nos 4 anos seguintes, participou de Sinal de Alerta (1978), Os Gigantes (1979), Coração Alado (1980) e Brilhante (1981). Mas seu grande sucesso chegou em 1987, ganhando o Brasil com Jocasta Silveira, em Mandala, junto com Felipe Camargo, que se tornaria seu marido (e ex em 1995) e pai de seu filho Gabriel.

Anos depois interpretou Eduarda, na minissérie Riacho doce, e Ana de Assis em Desejo. Em 2000 deu vida à uma Helena de Manoel Carlos, em Laços de Família, uma das novelas mais relevantes da época que levantou questões importantes como transplante de medula óssea entre irmãos e relacionamentos familiares complicados; o papel rendeu o prêmio Melhores do Ano como “Melhor Atriz” do Programa Domingão do Faustão. Em 2001 foi Ivete, em O Clone, que resultou em uma das 4 indicações ao Troféu Imprensa junto com Brilhante, Mandala e Laços de família.

Vera Fischer coroada Miss Brasil 1969

Vera Fischer coroada Miss Brasil 1969 (Foto: Reprodução)

Devido à sua vida pessoal muito conturbada com seu vício em drogas e álcool, de épocas em épocas Vera se afastava dos holofotes. Em 2011 resolveu internar-se por conta própria para tratar seu vício em drogas. Vemos o seu retorno em 2012, na novela Salve Jorge como a sensacional vilã Irina.

Além de papéis de sucesso na telinha, também estampou a revista Playboy 2 vezes, em 1993 e em 2000; no teatro grande sucessos contam com sua presença, como: Negócios de Estado, Macbeth, Desejo, Gata em Teto de Zinco Quente, A Primeira Noite de um Homem, Porcelana Fina e Relações Aparentes constando também em sua trajetória mais de 20 filmes.

Atualmente está no ar como Carmo em Espelho da Vida e comemora seu retorno aos cinemas agora em 2019 com o filme Quase Ninguém. Dona de uma beleza estonteante no auge dos seus 67 anos, Vera ainda é reconhecida como uma grande Miss, uma das mais famosas e bem sucedidas que o país já teve.

Matérias Relacionadas
torta marta rocha
Torta Marta Rocha: Aprenda a preparar receita inspirada na Miss Brasil 1954
Yeda Martins Vargas como Miss Universo
Conheça a história do Miss Brasil e veja as 6 misses brasileiras mais famosas

1 Response

Deixe um comentário

dezessete − três =