Home > Destaque > Miss Pin-Up é a primeira modelo do editorial ‘Tempestade Tropical’

Miss Pin-Up é a primeira modelo do editorial ‘Tempestade Tropical’

5 de janeiro de 2017, por Daise Alves
Moda
Renata

No início do mês de dezembro, compartilhamos aqui no Universo Retrô um preview do ensaio Tempestade Tropical, que foi realizado na primeira edição do ASA Brasil, convenção para agenda de show aéreo brasileiro, no Aeroclube de São Paulo, no Campo de Marte, que reuniu civis e militares para discutir os novos rumos do show aéreo no Brasil, modalidade na qual os aviadores demonstram suas habilidades de voo e acrobacias com aeronaves e que acontece desde os anos 20 nos EUA.

Como há uma grande relação entre pin-ups e militares, como a Nose Art – arte de personalizar aviões com ilustrações de belas mulheres, que se popularizou com os pilotos americanos durante a Segunda Guerra – as pin-ups do Universo Retrô participaram do evento por meio de um ensaio fotográfico com aeronaves que estavam disponíveis para fotografia. Compartilharemos com vocês o ensaio de cada garota que esteve presente nesse dia, mês a mês, para que possam conhecer um pouco mais das pin-ups brasileiras.

A nossa primeira pin-up do mês e também de 2017, fotografada por Ricardo Biserra da Olhar Plural Fotógrafos Associados, em um Diamond Eclipse, é a Renata Cândido, também conhecida como Chubby Pin-Up. Advogada por profissão, Renata também é modelo pin-up, cantora em grupos de rockabilly e acabou de conquistar o prêmio de Miss Pin-Up do concurso À Moda Antiga 2016. Veja a entrevista abaixo para conhecê-la melhor e saber de sua história e experiências:

Renata Candido

(Foto: Ricardo Biserra)

Universo Retrô – Como iniciou seu interesse pela cultura vintage?

Renata Cândido – Eu sempre estive ligada à cultura pela música. Meu pai sempre comprava os CDs que ele ouvia quando pequeno. Nisso, conheci CDs do Elvis, Roy Orbinson, Celly Campelo, Beatles, Bill Harley, etc., então sempre tive isso latente na minha vida. Mas isso se tornou forte mesmo tem um pouco mais de quatro anos, quando descobri que em SP existiam bares que só tocavam esse estilo de música e onde as pessoas dançavam a noite inteira. Comecei a frequentar todo final de semana e me sentia completa! Achei meu lugar no mundo, sabe? Aí não consegui mais sair.

Renata Candido

(Foto: Ricardo Biserra)

Universo Retrô – Você é advogada, um profissão que exige uma vestimenta bem formal. Você mantém o estilo no trabalho ou consegue manter algo no dia a dia?

Renata Cândido – Eu tento trazer elementos do estilo para o meu dia a dia. É bem possível, já que a mulher advogada usa muito saia lápis, camisas, etc. Eu não consigo viver isso 100% dos meus dias, mas sempre que consigo, faço composição com as peças que tenho.

Renata Candido

(Foto: Ricardo Biserra)

Universo Retrô – Em paralelo você também canta em banda de rockabilly. Como é conciliar duas profissões tão distintas?

Renata Cândido – Pra mim é algo normal. Me sinto meio Clark Kent, na verdade (risos). De “dia” sou uma pessoa, mas aos fins de semana é que eu realmente sou eu mesma, fazendo o que mais gosto que é cantar, usar minhas roupas, me sentindo linda!

Renata Candido

(Foto: Ricardo Biserra)

Universo Retrô – Recentemente você participou do concurso de Miss Pin-Up À Moda Antiga e ficou em primeiro lugar. Como foi essa experiência? Você acredita que ter essa premiação pode te abrir portas?

Renata Cândido – Foi algo muito gratificante. Eu nunca achei que seria digna de um título de Miss, mas me surpreendi e surpreendi a todos. Eu acredito que sim, afinal os concursos sempre “lançam” novas garotas para o mercado de modelos vintage e consequentemente abrem novas portas.

Renata Candido

(Foto: Ricardo Biserra)

Universo Retrô – Além desse concurso, você já participou de outros que buscam promover a beleza vintage. O que a motiva a participar de concursos?

Renata Cândido – Eu me motivo pela minha autossuperação. Estou fora dos padrões de beleza convencionais desde que me entendo por gente. Participar de concursos de beleza vintage me trás autoconfiança e autoestima, além de investir na continuidade dessa cultura que tanto amo!

Renata Candido

(Foto: Ricardo Biserra)

Universo Retrô –  Moda ou música? Você consegue viver com um sem o outro ou acredita que os dois se complementam?

Renata Cândido – Essa pergunta é polêmica… Pra mim, não tem como uma coisa andar sem a outra. Eu acho que as duas coisas se complementam e me trazem a magia de me transportar de maneira completa pras décadas passadas.

Renata Candido

(Foto: Ricardo Biserra)

Universo Retrô – Como você enxerga a cultura retrô hoje no Brasil?

Renata Cândido – Acho que infelizmente a cultura está se enfraquecendo, ao invés de crescer. As principais festas e casas de São Paulo fecharam em 2016 por falta de público. É algo muito triste. Espero que isso seja algo passageiro e que as festas voltem a encher.

Renata Candido

(Foto: Ricardo Biserra)

Universo Retrô – Você tem algum projeto que pretende desenvolver dentro da cultura vintage?

Bom, este ano sai finalmente a minha nova banda ao lado de alguns dos maiores músicos da cena, como o guitarrista Ramis Al bud e Alex Valenzi. Além disso, pretendo seguir nos meus estudos de fotografia para começar a me especializar em fotografar modelos pin-up, que também é minha paixão!

Renata Candido

(Foto: Ricardo Biserra)

Para conhecer ainda mais a nossa pin-up do mês, é só acompanhar seu perfil no Instagram @chubbypinup.

Para entrar no clima de Tempestade Tropical, nome que faz referência ao céu cinza e ao floral do figurino das pin-ups que estavam presentes, aproveite para ouvir a nossa playlist cheia de músicas vintage brasileira, no melhor clima tropical do nosso país.

Matérias Relacionadas
Lady Cat é a Pin-Up do Mês com o ensaio ‘Tempestade Tropical’
Sweet Caroline é a pin-up do mês com o ensaio ‘Tempestade Tropical’
Meire Comodoro
Conheça a pin-up do mês, Meire Comodoro, que brilha no ensaio ‘Tempestade Tropical’
Museu Canadá
5 museus ao redor do mundo para quem curte a história da aviação

Deixe um comentário

nove − 7 =