Home > Destaque > Uma das maiores referências do rockabilly nacional, Grilos Barulhentos está há 35 anos na estrada

Uma das maiores referências do rockabilly nacional, Grilos Barulhentos está há 35 anos na estrada

25 de julho de 2017, por Daise Alves
Música
Grilos Barulhentos

No próximo dia 4 de agosto, sexta-feira, a partir das 21h, acontece a festa Rockterapia, em comemoração ao aniversário de 2 anos do site Universo Retrô e os 20 anos do falecimento de Eddy Teddy, precursor do rockabilly nacional, que esteve à frente das bandas Coke Luxe e Rockterapia, durante os anos 1980 e 1990, respectivamente.

A festa, que ganhou o nome em homenagem à música e banda de Eddy, acontece no The Clock Rock Bar, em São Paulo. A noite será marcada pela reunião de dois grupos que impulsionaram o movimento rocker no Brasil durante os anos 80: Coke Luxe, que acaba de reestrear com nova formação, e Grilos Barulhentos, na estrada há 35 anos.

Uma das primeiras bandas de neorockabilly no Brasil, Grilos nasceu praticamente no mesmo período em que surgia Coke Luxe e os psychobillies do Kães Vadius, iniciando o movimento neorockabilly no Brasil. Na festa do Universo Retrô, a banda estará com sua formação atual, que, desde 2006, conta com Rick Savoy Jones (Vocal), Ale Kroko (Rabeção), Edu Cj (Bateria) e Almir (Guitarra) – novos e antigos membros.

 banda Grilos Barulhentos

Atual formação da banda Grilos Barulhentos (Foto: Divulgação)

Criada em meados dos anos 80, na cidade de Osasco, a banda foi idealizada por Almir, Paulo Slap e Plant, que tinham a vontade de montar uma banda de rockabilly inspirada em bandas como Stray Cats e Restless. Com uma guitarra acústica, baixo de pau e kit de bateria, surge o primeiro trio rockabilly do Brasil, cantando letras em português e cheias de malícias, atreladas ao cotidiano paulistano.

Após 3 anos, tocando em casas como Kadaff, Zooster, Morcegóvia e Clube C, a banda integra um quarto elemento: Raimundo, também conhecido como Billy Gato, que marcaria a história da cena paulistana. O quarteto foi um sucesso, se apresentando em programas de TV como Boca Livre, na TV Cultura, apresentado por Serginho Grossmann e depois por Kid Vinyl.

Quando questionado sobre o gênero musical não ter durado tanto tempo na mídia, Rick Savoy, atual vocalista da Grilos, afirma: “Programas de TV aberta como Fábrica do som, Boca Livre, Musikaos, Antes MTV, já não existem mais e eram o principal meio de divulgação das bandas, principalmente das alternativas, onde nos encaixamos. Acredito que o acontece é o fator lucro; no meio do entretenimento, a tendência é ser comercial e estar no modismo para vender. Vocês do Universo Retrô estão fazendo um ótimo trabalho de divulgação, resgatando memórias e dando voz para elas! Estão de parabéns!”

Rick Savoy

Rick Savoy em 1993 no Japão (Foto: Arquivo Pessoal)

Infelizmente, após 3 anos integrando a banda, em 1989, em um momento que seria histórico para a Grilos Barulhentos, que tocaria ao lado do grupo de psychobilly inglês Guana Batz, um acidente ocorreu com Billy e Renato, da banda Vera K, em seu Opala, e lhe tirou a vida em uma morte instantânea. O momento foi marcante para a história da banda, que encerrou suas atividades naquele período.

Billy Gatos

Billy Gato, o segundo da direita para a esqueda (Foto: Reprodução)

A banda voltou, então, um ano depois com os membros remanescentes a convite do Rock and Roll Clube do Brasil, numa homenagem a Billy Gato. Ricky passou a assumir os vocais da banda e Fabio Fabri o contrabaixo. Iniciou-se então uma nova jornada pra os Grilos, tocando em casas reconhecidas como Madame Satã e American Grafitty. Eles abriram também o show de Jerry Lee Lewis em sua turnê no Brasil, em 1993, ao lado de Alex Valenzi.

Apesar da sua trajetória, cheia de histórias e tocando ao lado de bandas reconhecidas, os Grilos lançaram apenas 1 CD, durante toda sua carreira, e um clip da música Lindão, produzido pela própria banda. Este que deu espaço para aparecem na MTV no programa “Antes MTV”. Mesmo assim, isso não impediu seu sucesso diante do público fiel ao gênero, que reconhece a importância da banda para a história do rockabilly nacional.

Com tanta história para contar, nada melhor que ter duas das bandas, precursoras do rockabilly no Brasil, na festa Rockterapia. E Ricky já adiantou que nesse show irão reviver algumas músicas antigas, da época de Billy Gato, e que também está finalizando um projeto que será divulgado em breve.

A comemoração também contará com Rick and Roll, que fará um revival do famoso Campeonato Nacional de Topetes, sucesso absoluto nos anos 1990, premiando os melhores penteados retrô (masculino e feminino) durante o evento. A noite ainda vai contar com discotecagem dos DJs Wagnão, Ivan Rocker e Burgos, aulinha de dança com os professores do Eita Cultural e bazar com marcas retrô.

Gostou de ouvir essa história e está animado para a festa? Aproveita e ouça a nossa playlist esquenta para a festa com os clássicos do neorockabilly:

Aproveite e siga o Universo Retrô no Spotify:

SERVIÇO

Festa Rockterapia – 2 anos de Universo Retrô
Evento no Facebook, aqui
Bandas Coke Luxe e Grilos Barulhentos
Djs Wagnão, Ivan Rocker e Burgos
Concurso de Topetes e Penteados Retrô, com Rick and Roll
Bazar com marcas retrô

The Clock Rock Bar
Rua Turiassú, 806 – Perdizes – São Paulo
Próximo ao metrô Barra Funda
Dia 4 de agosto – Sexta-feira
A partir das 21h
Entrada: R$ 20

Matérias Relacionadas
Editorial “Keep On Rockin” ressalta a importância das novas gerações na cena rockabilly
The Clock Rock Bar
Festa Rockterapia acontece no The Clock Rock Bar, tradicional casa anos 50 de São Paulo
Playlist Rockterapia
Esquenta Rockterapia: Ouça a playlist especial da festa de 2 anos do Universo Retrô no Spotify
Rock This Town: Editorial do Universo Retrô com rockers de São Paulo homenageia início do movimento rockabilly no Brasil

Deixe um comentário

17 − 9 =