Home > Destaque > Com olhar esportivo, baseball é a temática do Pin-Up do Mês com Miss Salty

Com olhar esportivo, baseball é a temática do Pin-Up do Mês com Miss Salty

6 de novembro de 2018, por Daise Alves
Moda
Pin-Up Taco de Baseball

Depois de ter fotografado 3 Pin-Ups do Mês para o Universo Retrô: Miss Black Divine (fevereiro), Miss De-Lovely (julho) e Miss Daisy (agosto), pelo projeto fotográfico The Pin-Up Maker, a fotógrafa Emily Attarian, também adepta ao estilo pin-up com o codinome Miss Salty, ganha destaque como Pin-Up do Mês de Novembro.

Com um tema ainda pouco abordado no universo das pin-ups, mas também bem presente nas fotografias e desenhos vintage, a nossa bela do mês traz a temática esportiva do baseball como abordagem em suas fotos. Com um figurino com inspirações bem vintage, as fotos deixam elementos em destaque como taco e bola de baseball, boné e até hotdog, típico da cultura americana. Confira:

Emily Attarin

(Foto: Guilherme Peixoto)

Universo Retrô – Você surgiu timidamente nos concursos de pin-up e agora tem sido uma das fotógrafas que mais tem feito um ótimo trabalho nesse estilo. Como você enxerga essa evolução?

Emily Attarian  – Primeiramente fico muito feliz com o feedback super positivo em relação ao meu trabalho! Tenho muito orgulho de nossos materiais (The Pin Up Maker). Fotografia, assim como o vintage, sempre estiveram presentes na minha vida, mesmo que timidamente, e vieram fazer parte de vez quase que juntos em em meados de 2016. Desde então os dois caminham comigo e um faz parte da evolução do outro, estou aprendendo demais!

Emily Attarian

(Foto: Guilherme Peixoto)

Universo Retrô – Como surgiu esse seu gosto pelo estilo e quem tem sido sua maior inspiração?

Emily Attarian – Meu primeiro contato foi pela música. O rockabilly sempre fez meu coração bater mais forte! Escutava os clássicos Stray Cats, Jerry Lee Lewis e o deuso Cash. E a música puxou minha curiosidade sobre o estilo da época – como tenho uma quedinha por moda – e ao conhecer mais sobre o estilo das décadas de 40 e 50 me apaixonei à primeira vista!

Meu avô era apaixonado por fotografia, e por conta disso, minha avó tem uma coleção de ensaios clicados por ele. Eu sempre babei nas roupas que ela usava! Mais tarde, ela me contou que era tudo costurado pela minha bisa. Meu amor pelo vintage só foi aumentando desde então.

A primeira mulher que lembro de tomar conhecimento foi a Rita Hayworth como Gilda (que não dá pra esquecer né), aquela figura mega feminina faz a gente até ficar tonta, mas de inspiração que levo no coração posso dizer que miss Bettie Page continua sendo minha musa mor! Tem um combo de certa inocência, uma pitadinha de sensualidade, aquela franja e corpo impecáveis e um poderzão feminino indiscutível!

Emily Attarian

(Foto: Guilherme Peixoto)

Universo Retrô – Você tem um estilo retrô super adaptável ao dia a dia. Quais suas inspirações para os looks do cotidiano?

Emily Attarian – Aí, eu tento! (hahaha). Na verdade eu busco muita inspiração nas meninas que conheço mesmo e das que vão me apresentando. Tento seguir muitas pin-ups brasileiras e gringas no Instagram e puxo uma ou outra coisa do que vejo delas, trazendo para o meu guarda-roupa que em sua maioria tem peças mais modernas.

O sonho é ter um guarda-roupa bem vintage, mas a gente sabe que é uma construção que vai sendo feita aos poucos né, um garimpo cá e outro lá. Acho que fazer essa mistura de tudo tem muito a ver com a forma que sempre me vesti, sempre curti coisas diferentes, misturar de tudo, e isso me trouxe para vintage de alguma forma. Amém!

Emily Attarian

(Foto: Guilherme Peixoto)

Universo RetrôNos fale sobre o The Pinup Maker. Como surgiu a ideia do projeto e qual tem sido o diferencial diante de tantos outros projetos de fotografia pinup?

Emily Attarian – O The Pin Up Maker já existia até antes mesmo da gente saber! A Ju (Julie van Wilpe) que posso dizer que é minha madrinha, deusa desse universo, começou a me mostrar os ensaios que a meninas faziam e achei o máximo! Juntar isso com minha paixão por fotografia foi muito natural. Quando pensamos e produzimos um ensaio é um momento onde tudo é possível de ser criado, a gente de diverte muito!

Acho que o diferencial é como as clientes reagem às fotos, os feedbacks até agora foram muito maravilhosos. A gente fica muito emocionada de saber que o que fazemos vai além da imagem final! Tentamos realmente proporcionar uma experiência completa, para que as pessoas que fotografamos se sintam especiais e que entrem mesmo na personagem que querem eternizar.

Emily Attarian

(Foto: Guilherme Peixoto)

Universo Retrô – Qual foi a inspiração para esse ensaio? O que motivou a fazê-lo?

Emily Attarian – Sempre fui meio moleca sabe? (risos). Gosto de assistir esportes, apesar de não conseguir acompanhar muita coisa. É um tema que gosto e não vi muito material no universo das pin-ups. Daí foi uma questão de juntar um gosto pessoal com o fato de fazer algo mais fora da caixinha mesmo. Foi super bacana de produzir e também estar na frente das lentes dessa vez!

Emily Attarian

(Foto: Guilherme Peixoto)

Universo Retrô – Além do The Pinup Maker, como a cultura retrô tem refletido no seu dia a dia?

Emily Attarian – Once you go vintage… Eu atualmente me declaro viciada na cultura, quero vivenciar ao máximo. Tendo lido muito mais sobre, pesquisado sobre as mulheres que inspiraram tudo isso e me apaixono cada vez mais. Tenho tentado colocar uma pitadinha de vintage/retrô todo dia em algo, seja escolhendo a trilha sonora do dia, revivendo as fotos de família e as histórias também, ganhei livros para estudar poses.

A melhor parte tem sido conhecer as pessoas, principalmente as meninas que são mulheres incríveis que estou tendo a oportunidade de ter contato. Elas que também são apaixonadas por essas décadas onde tudo parecia tão delicadamente construído. As mulheres tão lindas e auto-confiantes! Acho que isso é o que mais me cativou desde o começo e que trago comigo desde então.

Emily Attarin

(Foto: Guilherme Peixoto)

Universo Retrô – Existe algum plano com o projeto que você já possa compartilhar com a gente?

Emily Attarian – Ah, preciso consultar minha parceira pra saber se podemos divulgar! Brincadeira! Eu acho que ainda estamos no começo da jornada e temos grandes expectativas, como disse, é uma coisa que nos une e nos dá imenso prazer de fazer. Temos um caminho pela frente e muita vontade de fazer sempre melhor!

Universo Retrô – Qual sua dica para quem quiser fazer fotos com Pinup Maker?

Emily Attarian – Se joga bonitx! Vem que a gente faz a mágica! Bóra conversar e trocar muita referência e passar um dia com muita risada e fotos incríveis! Segue a gente no Instagram @pinupmaker, quem sabe a inspiração vem de lá mesmo <3

Ficha técnica
Produção, beauty e figurino: Juliana Boiger
Direção de fotografia e cliques: Guilherme Peixoto
Edição de imagem: Emily Attarian
Locação: The Pin Up Maker QG

Matérias Relacionadas
Murder Queen
Em clima de Halloween, Murder Queen traz seu estilo horror para o Pin-Up do Mês de Outubro
Bia Zavitoski
Primavera bucólica é tema do Pin-Up do Mês de setembro no Universo Retrô
Bettie Page
Bettie Page é inspiração para o Pin-Up do Mês de agosto do Universo Retrô
Coberta por balões, editora do Universo Retrô posa grávida para o Pin-Up do Mês de julho

Deixe um comentário

3 × um =